Charlie Hunnam explica fracasso de Rei Arthur: A Lenda da Espada

Rei Arthur – A Lenda da Espada/Reprodução

Hollywood é conhecida por ser uma caixinha de surpresas, nunca se sabe exatamente como um filme será recepcionado pelo público e pela crítica até que ele esteja nos cinemas. Rei Arthur: A Lenda da Espada é um bom exemplo de um projeto que tinha tudo para ser um sucesso mas acabou gerando prejuízo para todos os envolvidos.

O astro Charlie Hunnam, mais conhecido por protagonizar a ótima série Sons of Anarchy, concedeu entrevista ao programa de rádio SiriusXM e tentou explicar por que o longa dirigido por Guy Ritchie, com orçamento de 175 milhões de dólares, acabou faturando apenas 148 milhões e recebendo 31% de aprovação no Rotten Tomatoes.

O ator revelou que gostaria de retornar ao universo de Arthur e dar uma segunda chance à história: “Eu gostaria de voltar à Rei Arthur porque várias coisas deram errado [durante as gravações] e muitas coisas que estavam fora do nosso controle, e eu não acho que conseguimos atender às aspirações.

E ainda: “Não conseguimos fazer o que filme que queríamos, e a ideia era que, fazendo sucesso, teríamos feito vários daqueles filmes. Eu sou muito interessado na lenda do Arthur e sinto que perdemos a oportunidade de contar a história em um formato longo”. Quando questionado sobre as dificuldades encontradas, especificamente falando, Charlie respondeu:

Dificuldades

Houve um problema com o elenco que acabou atrapalhando a história central. Não está mais no filme“, contou. Embora ele não tenha revelado nomes, vêm à mente a atriz Àstrid Bergès-Frisbey, cuja personagem foi creditada como A Feiticeira, mas informações iniciais davam conta que ela interpretaria o interesse amoroso de Arthur, Guinevere.

É incerto em que ponto essas mudanças foram feitas, porém um longo período de regravações atrasou o lançamento de Rei Arthur: A Lenda da Espada em quase um ano. A franquia sem dúvida será retomada no futuro, porém se Hunnam fará parte dela, só o tempo dirá.

Comentários