Charlize Theron revela desejo de fazer uma continuação de filme de sucesso na Netflix

hancock
Hancock (Divulgação)

Sucesso nas bilheterias em 2008, faturando 624 milhões de dólares em todo o mundo, o filme Hancock, protagonizado por Will Smith, ganhou na última semana o top 10 dos filmes mais vistos na Netflix do Brasil. Mesmo sendo um filme de super-herói, algo em alta hoje em dia, naquela época não era assim, e uma sequência nunca chegou a acontecer.

O longa conta com atores como Jason Bateman e Charlize Theron, que revelou que adoraria participar de uma continuação, em uma entrevista para divulgar seu novo filme The Old Guard, da Netflix. “Por um tempo nós [conversamos sobre uma sequência]. Acho que mais perto de quando o filme foi lançado, mas não nos últimos anos, não. Seremos super-heróis com nossos caminhantes. E eu ainda vou! Ainda vou fazer esse filme, faria em um piscar de olhos”, disparou.

O roteiro de Hancock, originalmente intitulado Tonight He Comes (algo como Essa Noite Ele Vem), flutuava por Hollywood por uma década antes de finalmente receber a luz verde. Muitos diretores também foram contratados, incluindo Jonathan Mostow, Michael Mann e Tony Scott. O filme passou por muitas reescritas, sendo originalmente muito mais sombrio, mas a Sony Pictures queria lançá-lo no verão e o diminuiu para uma classificação 13 anos. Vince Gilligan (Breaking Bad) é creditado como um dos roteiristas.

Theron, que em seu novo filme interpreta também uma mulher imortal, brincou sobre o fato de já ter feito personagens com essas habilidades algumas vezes. “Em Branca de Neve e o Caçador também atuei como uma mulher que estava viva há milhares de anos. Curioso, nunca fiz uma ligação entre essas personagens antes. Talvez eu ganhe esses personagens por causa da minha idade, pode ser uma coisa boa, mas o fato é que acho que todas as mulheres que eu interpretei foram em circunstâncias diferentes, pessoas diferentes, diferentes mecanismos de sobrevivência, o que intimidador como atriz”, concluiu.