ANÚNCIO

O episódio de The Walking Dead que foi ao neste domingo, 22 de março marcou a saída da atriz Danai Gurira da série. Durante quase sete anos, ela interpretou Michonne, e conseguiu ganhar o carinho do público. No Talking Dead, programa de debate sobre os acontecimentos da atração, o showrunner Scott Gimple revelou que a história dela ainda não acabou.

No episódio, Michonne acompanhou Virgil até sua comunidade, pois ele a prometeu armas para que ela pudesse lutar contra os Sussurradores, porém ao chegar no local, ela percebeu que a história estava um tanto mal contada. Ela foi presa por ele em um cativeiro, e descobriu que lá estavam outras pessoas que ele havia aprisionado, pessoas que inclusive faziam parte do seu passado.

Elas revelaram que quando a comunidade foi atacada, ele acabou matando sua família por acidente, e desde então ficou transtornado. Sem se alimentar direito, e dopada por uma bebida que Virgil a obrigou a tomar, Michonne teve alucinações diversas, desde o momento que encontrou Andrea na terceira temporada, e imaginou como sua vida teria sido se não tivesse a ajudado e ao invés de se juntar com Rick (Andrew Lincoln), tivesse se juntado a Negan (Jeffrey Dean Morgan) e sua gangue.

No final do episódio, ela descobriu objetos pertencentes a Rick, e ligou para Judith (Caley Fleming) para avisar que precisaria partir para o norte em busca de respostas sobre Rick, que na história, está desaparecido há seis anos.

“Sua história ainda não acabou. E a coisa que nos deixa tão feliz em descobrir foi que, tematicamente, fomos capazes de concluir a personagem. Ainda não completamos tudo com ela, é o que posso dizer. Tem coisas incríveis pra ela lá na frente”, disse Gimple, sem afirmar se a personagem estará no filme sobre The Walking Dead que será produzido pela Universal. A próxima temporada teve sua produção suspensa devido ao novo coronavírus.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui