Star Wars: A Ascensão Skywalker (Imagem: Divulgação)

A Disney é, sem dúvida, um dos maiores estúdios de Hollywood e do mundo. A empresa do Mickey Mouse é detentora de grandes sucessos, como O Rei Leão, Toy Story, Star Wars, Os Vingadores. São mais de US$ 8 bilhões arrecadados ao redor do mundo com os filmes somente neste ano.

E o presidente deste grande estúdio, Bob Iger, que se tornou o CEO em 2005, falou recentemente sobre algumas coisas bem importantes em uma entrevista concedida à BBC. Prestes a ter mais um filme do universo Star Wars nos cinemas, o diretor executivo explica por que “menos é mais” nas produções da franquia.

Depois que a Disney adquiriu a Marvel, foram lançados inúmeros filmes de sucesso, se tornando muito lucrativos para a empresa. Sobre a possibilidade da saturação das produções da Marvel, Iger. São dez filmes em três anos.

“A Marvel está se saindo sensacionalmente bem”, responde o presidente quando questionado se não seria um excesso. “O último filme que eles lançaram [Os Vingadores: Ultimato] teve a maior bilheteria global da história do cinema, e seu canal é muito, muito rico em novas aventuras e novas explorações de super-heróis. Então não é verdadeiro”, responde.

A série de filmes de sucesso da Lucasfilm, adquirida pelo estúdio, foram lançados com certa frequência nos últimos anos, mas para Iger é uma situação diferente se comparada a da Marvel. O próximo longa, “A Ascensão Skywalker”, será lançado em dezembro. Depois dele, deve aparecer um novo longa somente em 2022.

“Eu disse publicamente que acho que fizemos e lançamos muitos filmes de Star Wars por um curto período de tempo”, falou Iger. “Eu não disse que eles foram decepcionantes de forma alguma. Eu não disse que estou decepcionado com o desempenho dele. Só acho que há algo tão especial em um filme de Star Wars e que, com isso, menos é mais”, explica o chefe da Disney.

Antes da pausa nas produções do universo Star Wars, ainda veremos o novo longa, que tem sua estreia marcada para o dia 19 de dezembro aqui no Brasil.

Com direção de J. J. Abrams, que também escreve ao lado de Chris Terrio, o filme conta com Daisy Ridley, Adam Driver, Oscar Isaac, John Boyega, Billy Dee Williams, Mark Hamill, Keri Russell, Domhnall Gleeson, Anthony Daniels, Jimmy Wee, Lupita Nyong’o, Dominic Monaghan, Kelly Marie Tran, Billie Lourd, Joonas Suotamo, Naomi Ackie, Ian McDiarmid, Richard E. Grant, Greg Grunberg, e imagens inéditas de Carrie Fisher como Leia Organa.

 

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui