Chefe de resposta ao coronavírus nos EUA se pronuncia sobre imitação de Brad Pitt

Brad Pitt imitou Anthony Fauci durante o programa Saturday Night Live (Imagem: Reprodução)

Brad Pitt realizou uma participação especial no programa Saturday Night Live no último fim de semana. Logo na abertura, o ator parodiou o médico Anthony Fauci, que está à frente da força-tarefa montada pelo governo de Donald Trump como resposta à pandemia do Covid-19, nos Estados Unidos.

A esquete apresentava as reações de Fauci às falas de Donald Trump, em diversos momentos o personagem contradizia e se irritava com o presidente. 

Fauci reagiu à imitação e aprovou o gesto de Pitt e do programa, em entrevista ao Un Nuevo Dia”, da rede Telemundo, Anthony Fauci elogiou o desempenho do ator. “Acho que ele fez um ótimo trabalho, sou um grande fã de Brad Pitt, e é por isso que, sempre que me perguntam quem eu gostaria que me interpretasse, digo o nome dele”, 

Dr. Fauci ainda chamou atenção para o final da esquete, na qual o ator sai do personagem e faz um agradecimento especial aos profissionais de saúde:Eu acho que ele mostrou que tem classe ao tirar a peruca e nos agradecer por nosso trabalho. Não só é um ótimo ator, como uma ótima pessoa”, completou.

Em por falar em Brad Pitt, a Plan B, produtora co-fundada pelo astro do cinema norte-americano, fechou um contrato de exclusividade com a Warner Bros. O acordo firmado através do sistema first-loo, dá ao estúdio o direito de avaliar antes de todas as outras produtoras, se deseja, ou não, fazer de algum filme produzido pela Plan B.

“Brad, Jeremy e Dede são cineastas extraordinários. Seu histórico de excelência fala por si mesmo. Estamos muito animados para colaborar com eles nos filmes dinâmicos e singulares pelos quais são conhecidos”, diz o comunicado assinado pelo presidente da Warner Bros., Toby Emmerich, e também por Coutenay Valenti, presidente de desenvolvimento do estúdio.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.