Chris Hemsworth e Sam Hargrave falam sobre trabalharem novamente juntos em Resgate

Resgate (Extraction) (Imagem: Divulgação/ Netflix)

Resgate (Extraction) estreou na Netflix no último dia 24 de abril é um dos maiores lançamentos de ação do ano do serviço de streaming. O longa metragem é estrelado por Chris Hemsworth, conhecido por interpretar o Thor nos filmes da Marvel, o filme também conta com outras pessoas que tiveram passagem pelo famoso estúdio, o roteiro conta com Joes Russo, que já dirigiu os sucesso Capitão América: Guerra Civil e Vingadores Ultimato, e a direção de Sam Hargrave, dublava o Capitão América nas cenas mais pergosas.

O Estadão conseguiu conversar com Sam Hargrave e Chris Hermsworth, e falaram um pouco sobre o novo filme e sobre trabalharem juntos novamente. “Quando li a história, ela ainda se passava da América Latina. Fiquei impressionado. Pela carga de ação, era uma coisa que eu me julgava capaz de fazer. Desenvolvi uma intensa camaradagem com Chris, nos sets de que participamos. Contei-lhe sobre Extraction. Começamos a imaginar como faríamos o filme juntos”, começou o diretor.

Chris Hemsworth acrescentou: “Sempre houve muita ação em Thor, nos Vingadores, mas nunca a fisicalidade desse filme. Tyler é uma alma atormentada. De cara, ele é assombrado por imagens de seu passado, que só ganharão forma no fim. A dupla questão – para Sam, era como contar essa história, esse drama de um homem que quase não fala, mas carrega uma dor, e para mim como interpretá-lo? Como transformar a ação física tremenda em janela para uma coisa mais íntima?”.

Hargrave explicou o motivo de mudarem o filme para Índia: “Mudamos o roteiro e situamos a história na Índia porque Joe (Russo) queria refletir sobre um fenômeno contemporâneo. A Índia tem uma das maiores economias emergentes do mundo, mas a exclusão social é imensa no país. Ao mesmo tempo que produz tecnologia de ponta, uma parte muito grande da população vive na penúria, desconectada das redes (sociais). Filmar nos quarteirões mais pobres de Mumbai fez toda a diferença”

Hemsworth ainda falou da diferença entre gravar cenas em estúdio e em cenários abertos: “Adoro Thor e os filmes da Marvel que me colocaram no patamar em que estou, mas são filmes de estúdio, com ambientes cenográficos. Aqui, para todo lado que eu me virava e olhava, eram cenários reais, pessoas reais. Não era mais Thor, era Tyler”.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.