Christopher Dennis, famoso cosplay de Superman, morre aos 52 anos

Christopher Dennis (Reprodução)

A atividade de cosplay nunca esteve tão famosa como nos dias de hoje, com fãs gastando verdadeiras fortunas para se vestir e ficar o mais parecido possível como seus personagens preferidos. Um dos maiores ícones desse universo, Christopher Dennis, infelizmente acaba de falecer aos 52 anos.

Dennis era conhecido como o Superman da Hollywood Boulevard, que por anos fez a alegria dos turistas. Sua fama era tanta que o artista apareceu várias vezes no programa Jimmy Kimmel Live! e também foi uma das estrelas do documentário Confissões de um Super-Herói lançado em 2007.

Segundo o site de notícias TMZ, ele foi encontrado morto na região de San Fernando Valley, em Los Angeles na Califórnia. A causa da morte ainda não foi revelada pelas autoridades. Por décadas Dennis usou sua altura, corpo e cabelos pretos para viver o Homem de Aço.

Chris era um cara muito doce que participou do programa várias vezes e era querido por todos do Jimmy Kimmel Live. Vamos sentir sua falta”, disse um representante da atração cujo apresentador apareceu juntamente com Dennis na capa da revista Hollywood Reporter em 2011.

Ainda em 2017, o artista conversou com o jornal The Guardian e revelou ter sido uma dos primeiras pessoas a fazer performances no local. “Eu fui a primeira pessoa a fazer isso em Hollywood. Eu tive a ideia nos meus tempos de garçom. Todo mundo dizia que eu parecia com Christopher Reeve e com o Superman, então eu arrumei uma fantasia e eles adoraram“.

Altos e baixos

Em 2016, o trailer no qual Christopher morava foi rebocado, levando todos os seus pertences e sua coleção de brinquedos do herói. “Quando eu estava vivendo na rua, um cara me bateu com um taco de golf, roubou meu figurino e me deixou pra morrer. Então decidi trabalhar na esquina”, contou ele.

Mais tarde, através de doações, ele conseguiu uma nova fantasia e o dinheiro necessário para o aluguel de uma casa. “Quando eu coloco essa fantasia, eu sou o Superman. Eu acho que isso fez de mim uma pessoa melhor”.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort