Cineasta faz revelação surpreendente sobre filme da falsa morte de Tupac

Rick Boss
Rick Boss (Reprodução)

Parece história de filme, e realmente vai virar. Uma das maiores lendas urbanas da indústria do entretenimento ganhou novos contornos essa semana. A morte de grandes ícones da música sempre provoca a desconfiança nos fãs, e no grande público, que começa a tecer teorias que aquela personalidade em questão ainda esteja viva. Aconteceu com Elvis Presley, Michael Jackson, e agora com Tupac Shakur.

O rapper foi assassinado com quatros tiros em 7 de setembro de 1996, em Las Vegas, mas mesmo assim muita gente se recusa a acreditar que ele morreu de verdade. O guarda-costas do artista compartilhou recentemente que o ajudou a forjar a própria morte e ir embora com destino a Cuba. Ele fez isso em uma série de postagens no Instagram. Para completar a situação bizarra, algumas pessoas afirmam terem visto Shakur na África do Sul no no passado.

Depois de Segundo Sol, novela da Globo que explorou o tema da falsa morte de um grande ídolo da música, chegou a vez de da teoria da conspiração ganhar um filme: 2Pac: The Great Escape From UMC. “Este filme é sobre Tupac realmente escapando da University Medical Center aqui em Vegas e se mudando para o Novo México, recebendo proteção da tribo navajo”, falou o cineasta de Los Angeles, Rick Boss em uma entrevista ao programa KTNV da ABC 13.

Segundo ele, o rapper ao saber de seu possível assassinato teria conseguido plantar um dublê de corpo na BMW em que estaria naquela noite, e fugido a bordo de um helicóptero para a tribo navajo no Novo México, um local onde ele estaria fora do mainstream, e não conseguiria ser encontrado sequer pelo FBI.

“Você pode escrever uma história de ficção, mas isso não é ficção. São fatos através de certas pessoas que conheço”, continuou o cineasta afirmando que soube através de amigos próximos e familiares sobre a sobrevivência de Tupac. O filme de baixo orçamento ainda não tem data para estrear, e nem para ser rodado, mas o ator que interpretará o astro já foi escolhido, e atende pelo nome de Richard Garcia.