Cinemas não vão mostrar total capacidade de Projeto Gemini; entenda

Projeto Gemini (Imagem: Divulgação)

Muitos espectadores estão esperando a chegada do filme Projeto Gemini aos cinemas para conferir o que foi feito com a nova produção. Entretanto, o longa de Ang Lee não terá sua total capacidade mostrada pelos cinemas. A informação foi divulgada pelo Polygon. Apesar de toda a tecnologia avançada utilizada no filme, os cinemas não estão equipados para a qualidade visual da produção.

Segundo o Polygon, apenas quatorze cinemas dos Estados Unidos vão conseguir exibir o filme de Lee em sua total capacidade tecnológica, isto é, em sua total qualidade de imagem. A avançada tecnologia aplicada ao filme ainda não foi totalmente difundida. O longa foi gravado por meio de câmeras 3D, com a utilização de 120 frames por segundo, numa resolução equivalente a 4K.

Em contraponto, a maior parte das atrações cinematográficas é gravada em apenas 24 frames. A exceção fica apenas por conta das cenas em que há o uso de câmeras lentas. Nesse tipo de filmagem, os recursos podem permitir a utilização de, no mínimo, 60 frames. Apesar de haver um número restrito de cinemas que dará conta de toda a tecnologia, o filme sofreu adaptações, para se adequar às projeções mais usuais.

Dessa forma, Projeto Gemini está adaptado para exibições com tecnologia variando de 24 a 120 frames, e isso em versões 2D e 3D. O resultado pode ser conferido já neste dia 10 de outubro, quando o longa-metragem, que conta com Will Smith no papel principal, chega aos cinemas brasileiros. Apesar de toda essa tecnologia, o filme ainda não empolgou a crítica especializada.

Se depender dos analistas de cinema, o filme deve encerrar em sua primeira parte, sem contar com uma sequência, e deve ainda amargar baixos resultados. No agregador de reviews Rotten Tomatoes, o filme fecha, até o momento de fechamento deste texto, com ínfimos 38% de aprovação, a partir de 50 críticas lançadas no portal.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.