Clássico do terror, Carrie – A Estranha será adaptado com grande novidade

Carrie – A Estranha (Reprodução)

Não há como fazer uma lista com os melhores filmes de terror de todos os tempos sem incluir a adaptação de Carrie – A Estranha dirigida por Brian De Palma em 1976. Depois de uma sequência quase esquecida e da última versão estrelada por Chloë Grace Moretz, agora o canal FX prepara seu próprio take para a televisão.

De acordo com fontes do Collider, o clássico do autor Stephen King será transformado em série limitada pelo FX em parceria com a MGM Television, responsável pelo sucesso Fargo. O projeto ainda encontra-se nos estágios iniciais e não há roteiro finalizado, porém tudo indica que haverá uma diferença super bem vinda na nova adaptação.

A protagonista Carrie deverá ser vivida ou por uma atriz trans ou de outra etnia que não branca, como sempre aconteceu. Vale lembrar que o canal a cabo preferiu não confirmar a teoria, porém o presidente John Landgraf tem fama por escolher audaciosos projetos, assim podemos esperar que a nova série também siga esse caminho.

Vingança

O original foi estrelado por Sissy Spacek, Piper Laurie, Amy Irving, e John Travolta, e gira em torno de uma garota tímida e reprimida pela mãe, cristã obcecada, e que sofre bullying no colégio onde estuda. Depois de ser enganada e humilhada durante o baile de formatura, Carrie descobre que possui poderes telecinéticos, ateia fogo no local e mata várias pessoas.

Ainda não há informações sobre elenco ou possível data de estreia, porém os fãs de Stephen King realmente não tem do que reclamar já que Hollywood tem usado e abusado da sua obra tanto no cinema quanto na tv nos últimos tempos. A Warner recentemente lançou It: A Coisa – Capítulo 2 e Cemitério Maldito, enquanto a Netflix adicionou ao seu catálogo Campo do Medo.

Estão sendo produzidas ainda as séries A Dança da Morte, estrelada por Alexander Skarsgard e grande elenco, The Outsider na HBO, Jerusalem’s Lot no Epix, para citar alguns. Ou seja, de terror estamos bem servidos, obrigada.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort