Com escândalos e possível demissão, Amber Heard pode estar marcada negativamente

Mera (Amber Heard) e Aquaman (Jason Momoa) em Aquaman
Mera (Amber Heard) e Aquaman (Jason Momoa) em Aquaman (Reprodução)

Nenhuma informação oficial surgiu sobre isso vinda da Warner Bros., mas circulam na imprensa americana boatos de que Amber Heard teria sido demitida de Aquaman 2. Segundo o Cosmic Book News, o grande impasse criado sobre a presença dela no filme teria feito o estúdio voltar atrás, e não apenas desconvidá-la para o longa que sequer começou a ser filmado, mas também jogar fora seu contrato.

Segundo consta, o valor do contrato da atriz estaria orçado no valor de 9 milhões de dólares, e existe uma enorme multa a ser paga, algo que a Warner prefere fazer até em seu cast uma atriz a quem os executivos do showbiz chamam como ‘não segura’.

Um artista é considerado ‘não seguro’ quando sua imagem publica é tão arranhada, que qualquer coisa que ele participar possa surtir efeitos imprevisíveis e devastadores na produção, e distribuição. Heard está em uma batalha judicial conta o ex-marido, o ator Johnny Depp há anos, e as muitas reviravoltas poderiam respingar no filme no herói.

O processo movido por ela, tinha Depp como agressor inicialmente, ela inclusive fez um vídeo em que ele aparecia a atacando, mas no início deste ano, um áudio dela surgiu mostrando que ela também era violenta com Depp. Na última semana, diversas ex-namoradas, e colegas de trabalho foram depor a favor de Depp, e relataram que nunca o viram ser desrespeitoso. Enquanto isso, Heard quase teve que enfrentar uma pena de prisão por supostamente fingir ferimentos para obter uma ordem de restrição contra o ex.

No passado Robert Downey Jr. chegou a carregar o rótulo de ‘não seguro’ devido ao seu vício em drogas. Mas a Marvel Studios apostou nele após se declarar sóbrio, e fez com que ele se transformasse no grande rosto de seus filmes, com isso elevando-o ao nível máximo de estrela, inclusive deixando seu salário nas alturas.

Comentários