Com pornôs de graça no site, Sexy Hot cresce 500%


O Sexy Hot está fazendo a alegria das pessoas que estão cumprindo quarentena e gostam de um conteúdo mais picante. O canal de vídeos pornôs disponibilizou vários filmes de sexo gratuitamente em seu site.

Como consequência, a audiência do canal adulto cresceu cerca de 500%, segundo informações do site Na telinha.

O levantamento mostra que as visitas cresceram 417% e as horas assistidas de filmes pornôs tiveram aumento de 547%. Com as pessoas em casa, o horário de acesso aos vídeos mudou, agora ocorrendo entre 15h e 19h. (antes ocorriam no horário de almoço e faixa noturna).

O Sexy Hot está com dez filmes liberados gratuitamente para serem assistidos no site. Na TV paga, são outros nove longas e curtas metragens disponibilizados gratuitamente.

Falando em coronavírus, um rapaz chamou atenção ao distribuir comida para caminhoneiros vestido como Thor em Orlândia. “A gente viu um cara no caminhão com uma criança de sete anos que estava comendo amendoim há quase uma semana porque os restaurantes estão fechados e não tem como comprar comida. Como não sei cozinhar muito, lavei e piquei os ingredientes. Quem queimou a barriga no fogão foram eles. Ele tava em frente a uma distribuidora de óleo na minha cidade e ele perguntou se não era eu tinha casado no Fábrica [de Casamentos] e aparecido no Luciano Huck. Quando confirmei ele disse ‘você podia vir com seu traje do Thor pra distribuir porque aí seria verdadeiro herói’. Daí eu fui com o traje e foi legal pra caramba”, disse Gabriel Grassi ao Omelete.

“Foi legal ter ido de Thor, porque chama mais atenção e eles param os caminhões. A gente entregou no primeiro dia mais ou menos 150 marmitas, ontem mais 100 e a previsão é que amanhã entregue mais 100 marmitas. O bom de ficar em casa é que a gente teve essa ideia. Levantei essa bandeira e a gente conseguiu bastante doação de alimento”. Assim como o herói que lhe empresta as vestes, o fisioterapeuta encara a tarefa como algo corriqueiro: “o mínimo que a gente poderia fazer”, completou.

Jornalista especializado em entretenimento, consumista de streaming e cinemaníaco de carteirinha.