Comediante Jim Belushi mostrará sua plantação de maconha em novo reality

Jim Belushi
Jim Belushi (Divulgação)

O ator e comediante Jim Belushi está pronto para mostrar ao mundo seu novo papel: o de empreendedor de maconha. Aos 66 anos, ele estrelará o reality show Growing Belushi, que será produzido e exibido pelo Discovery, mostrando sua vida como administrador de uma fazenda com plantações da erva no Oregon. “Eu apenas pensei que isso era algo que ninguém nunca viu”, disse Belushi à Fox News sobre o que o levou a permitir que câmeras o seguissem, assim como sua família e funcionários ao redor.

“Acho que há pessoas que têm muito medo da cannabis e seus atributos e pensei: ‘Quer saber? Se todo mundo puder ver como ela é cultivada, ver as pessoas que estão envolvidas, que realmente se importam… os testes que envolvem, a segurança envolvida, elas podem se sentir um pouco mais relaxadas em experimentar cannabis’”. Belushi compartilhou que ele acredita firmemente nos benefícios medicinais que a maconha pode oferecer para aqueles que procuram alternativas para ajudá-los a lidar com vários problemas de saúde, incluindo ansiedade, insônia e Alzheimer. “Não é violento”, explicou ele. “Isso também leva a uma consciência mais elevada, o que leva à compaixão e empatia pelos outros. Quero dizer, tudo isso faz parte do bem-estar da cannabis. Eu aprendi tudo isso. Mostramos isso no Growing Belushi. É muito legal. E o show é muito engraçado porque sou um idiota. Você está observando minha educação em agricultura e cannabis e algumas coisas engraçadas”.

O irmão de Jim, Jonh Belushi, morreu aos 33 anos em 1982 por uma overdose de medicamentos, que ele acredita que foi motivada pela automedicação que o irmão tomava para se livrar das dores por causa dos ferimentos na cabeça que ganhou no início de sua vida, quando era jogador de futebol americano. “Ele era um zagueiro intermediário, capitão do time, estadual e geral. E ele bateu a cabeça por quatro anos. Ele teve o maior número de tackles em nossa escola e seu sino tocou muito. Houve muitas concussões. E naquela época, eles diziam: ‘Qual é o problema? Você fez seu sino tocar? Volte lá, Belushi’. No último ano ele teve uma convulsão em nossa casa e não sabíamos o que era”, disse Jim, explicando que infelizmente na época a maconha medicinal não era legalmente reconhecida como opção para tratamento. Ele acredita que o irmão estaria vivo ainda caso fosse usuário de maconha, conforme disse o amigo, e também ator, Dan Aykroyd. A marca de maconha de Jim, inclusive faz homenagem ao irmão e a Dan com o nome de Blue Brothers, filme estrelado por eles nos anos 80.