Confira as primeiras críticas de Wasp Network: Rede de Espiões!

Wagner Moura em Wasp Network: Rede de Espiões (Imagem: Divulgação)

Estreia nesta sexta-feira, 19 de junho, Wasp Network: Rede de Espiões, novo filme de suspense e drama da Netflix. Estrelado por Penélope Cruz, Wagner Moura, Édgar Ramírez, Ana de Armas, Gael García Bernal e Leonardo Sbaraglia, o longa conta com as primeiras críticas no Rotten Tomatoes. Até o momento, são 33 avaliações mistas e uma aprovação de 42%.

Os críticos estão divididos e, apesar do elenco de peso, que traz um destaque para a história, no geral, a trama ficou devendo. O consenso diz: “O elenco talentoso da Wasp Network torna difícil ignorar esse drama de espionagem, mesmo que o mistério no centro de sua trama esteja muito confuso para seu próprio bem”.

Confira alguns dos comentários:

“O filme é brilhante, iluminador e frequentemente emocionante. O que falta é uma carga emocional e uma textura refinada.” – Xan Brooks, Guardian.

“Wasp Network é um filme que, como seus belos protagonistas, falha em definir onde estão suas alianças além dos reluzentes relógios Rolex e ternos de mil dólares que acompanham o estilo de vida do espião.” – Monique Vigneault, Film Inquiry.

“Uma demonstração provocativa de como a vida pode ficar estranha quando o político e o pessoal se entrelaçam como raízes de uma árvore gigantesca.” – Glenn Kenny, New York Times.

“No momento em que todas as identidades são reveladas, elas são irrelevantes, tornando a Wasp Network tão desprovida de credibilidade quanto os eventos da vida real e tão emocionante quanto a leitura da enciclopédia.” – Robert Daniels, RogerEbert.com.

“A emoção de assistir a um filme de Olivier Assayas é que muitas vezes você não tem ideia de onde será o próximo filme. Desta vez, ao que parece, ele também não.” – Ty Burr, Boston Globe.

Dirigido e escrito por Olivier Assayas (‘Acima das Nuvens’, ‘Personal Shopper’), o filme gira em torno de cinco prisioneiros políticos de Cuba, presos pelo governo americano sob acusação de assassinato e espionagem. No final da década de 1980 e início da década de 1990, grupos rebeldes da Flórida protestam contra a influência de Castro, fazendo uma série de ataques violentos à Cuba. Em retaliação, o governo cubano envia espiões de elite para tentar derrubar os grupos terroristas por dentro.

Wasp Network: Rede de Espiões estreia nesta sexta-feira, 19, na Netflix.

Assista ao trailer: