Dora e a cidade perdida
Dora e a cidade perdida (Foto: Divulgação)

A versão live-action de “Dora, a Aventureira”, Dora e a Cidade Perdida, tem previsão de lançamento no Brasil apenas em novembro, mas lá fora o filme já estreou e vem  chamando a atenção.

A adaptação da série infantil conquistou uma ótima aprovação no agregador de rewiews Rotten Tomatoes, conquistando 79% dos críticos, e obtendo uma nota de 6.27/10 baseada em 19 críticas até o momento.

O longa já rendeu inúmeros comentários de veículos de comunicação especializados, dentre essas avaliações podemos ressaltar, o site The Wrap que classificou o primeiro ato da história como “estranho”, mas afirmou que como a produção traz o “gênero de aventura familiar, os pais de hoje irão se lembrar de sua própria infância.”

Já o MovieWeb disse que o filme “abraça totalmente seu material origem. As crianças irão gargalhar. Elas são o público-alvo e ficarão entretidas do começo ao fim.” O site Movies and Shakers também aprovou o título ressaltando que “o elenco está ótimo, a história não se sustenta totalmente, mas o filme tem a intenção de alcançar um público maior e é positivo para todos.”

“As crianças não vão aprender nada aqui, mas também não vão confundir [o longa] com entretenimento” , relataram os críticos do jornal canandense, Globe and Mail. “Estrelando Isabela Moner como a bilíngue Dora, [o filme] é engraçado, inteligente e só um pouco trôpego”, avaliou o principal jornal de Cleveland no Estados Unidos, o Cleveland Plain Dealer.

O elenco é composto pelos atores, Isabela Moner, Michael Peña, Eva Longoria, Adriana Barraza, Temuera Morrison, Jeffrey Walberg, Nicolas Coombe, Madeleine Madden.

O filme tem a direção de James Bobin, o mesmo que foi escolhido pela Disney para dirigir “Alice Através do Espelho”. Dora e a Cidade Perdida foi baseado no longa Dora, a Aventureira, que estreou em 2000.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui