Confira as primeiras impressões da série Helstrom

Cena de Helstrom (Reprodução / Hulu)
Cena de Helstrom (Reprodução / Hulu)

No dia 16 de outubro estreará no Hulu a série Helstrom da Marvel. O programa segue dois irmãos filhos de um serial killer e caçam os piores tipos de pessoas da sociedade. O elenco conta com Tom Austen como Daimon Helstrom, Sydney Lemmon como Ana Helstrom, Elizabeth Marvel como Victoria Helstrom, Ariana Guerra como Gabriella Rossetti, Robert Wisdom como zelador, June Carryl como Louise Hastings e Alain Uy como Chris Yen.

A recepção da crítica

Apesar de Helstrom não ter estreado ainda, alguns críticos já conseguiram assistir à primeira temporada e emitiram suas primeiras avaliações. No Rotten Tomatoes, o seriado atingiu 50% de aprovação da crítica. Leia abaixo os comentários:

“O humor negro é agudo, o elenco é certeiro e a história é extraída das páginas da Marvel – tudo isso para um passeio fascinante” – Kimberly Roots, TV Line.

“Há momentos em que Helstrom é verdadeiramente aterrorizante e tem o potencial de servir como um cataclismo, pois faz os fãs perceberem que o conteúdo de terror é uma necessidade no universo cinematográfico da Marvel” – Adam Barnhardt, ComicBook.com.

“Os primeiros cinco episódios são promissores, lançando as bases de uma batalha interessante ainda a acontecer entre os irmãos e seu pai. Esperançosamente, os cinco episódios finais cumprem suas promessas” – Ferdosa Abdi, Geeks of Color.

“Em outro universo, o foco do show em magia sombria e drama familiar feio pode torná-lo um dos destaques da Marvel, mas aqui a série mal consegue fazer um argumento forte em defesa de sua própria existência” – Charles Pulliam-Moore, io9.com.

“Helstrom é um drama sobrenatural genérico e monótono, com alguns nomes que podem soar familiares para fãs de quadrinhos dedicados” – Josh Bell, CBR.

“Uma primeira metade da temporada intrigante e promissora, graças a personagens magnéticos e dinâmicas divertidas” – Nestor Bentancor, Nestor Cine Desde Hollywood.

“Helstrom acaba não sendo nem celestial nem infernal, mas sim algo bem no meio” – Tim Stevens, The Spool.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.