Confira o trailer de Estado Zero, com Yvonne Strahovski e Cate Blanchett!

Estado Zero (Stateless) (Imagem: Divulgação/ Netflix)

A Netflix divulgou o trailer oficial de Estado Zero (Stateless), minissérie australiana de drama estrelada por Yvonne Strahovski (Dexter) e Cate Blanchett (Carol). Inspirada em eventos reais, a produção gira em torno de quatro estranhos num centro de detenção de imigração no deserto da Austrália, que tem suas vidas entrelaçadas de uma forma emocionante e inesperada.

Confira:

Desenvolvida por Blanchett, Tony Ayres e Elise McCredie, a minissérie conta com seis episódios e é inspirada em uma história real. A trama acompanha uma aeromoça que foge de um culto, um refugiado afegão, um pai de família australiano que deixa o emprego e um burocrata no meio de um escândalo nacional. A produção gira em torno da improvável e emocionante conexão desses quatro estranhos em um centro de detenção de emigração no deserto da Austrália.

Além de Yvonne Strahovski e Cate Blanchett, o elenco ainda conta com Jay Courtney, Asher Keddie, Dominic West, Fayssal Bazzi, Marta Dusseldorp, Kate Box, Darren Gilshenan, Rachel House, Soraya Heidari, Claude Jabbour, Clarence Ryan, Rose Riley e Helana Sawires.

Estado Zero será lançada na Netflix no dia 8 de julho.

 

O que diz a crítica:

A minissérie será lançada mundialmente pela plataforma de streaming. No entanto, a produção já foi exibida, a partir de março deste ano, na ABC da Austrália. Das avaliações já disponíveis no Rotten Tomatoes, todas são bastante positivas e destacam a emoção da trama.

Confira alguns dos comentários:

“O primeiro episódio é intrigante. A série como um todo é impressionante. Isso desafia sua expectativa e sua compreensão, processando lentamente um assunto sobre o qual todos têm uma opinião, mas poucos têm respostas duradouras ou úteis.” – Michael Idato, Sydney Morning Herald.

“É uma produção cinematográfica excepcional, desde a escrita e direção até o elenco e a maneira como os diretores de fotografia captaram a qualidade distinta da luz no deserto do sul da Austrália. É absolutamente convincente, um fio rasgado.” – Melinda Houston, The Age (Austrália).

“Certamente há muito o que contemplar – embora Estado Zero não seja uma experiência cerebral seca. O drama ganha vida. É emocionante; isso dói.” – Luke Buckmaster, Guardian.