Conheça 365 Dias, o filme erótico da Netflix que tem causado polêmica

365 Dias (Imagem: Divulgação)


Aos fãs de Cinquenta Tons de Cinza e filmes eróticos, ficou disponível no catálogo da Netflix nesta semana 365 Dias (365 Dni), longa polonês repleto de cenas quentes e controversas. Baseada no livro de Blanka Lipinska, a produção tem causado certa polêmica nas redes sociais por causa da sua temática questionável. Estrelado por Anna Maria Sieklucka e Michele Morrone, o filme acompanha a história de uma mulher que é sequestrada e tem 365 dias para se apaixonar pelo sequestrador.

Os comentários são diversos e o público está dividido. Há quem ainda levante a questão sobre a Síndrome de Estocolmo, que é, basicamente, quando alguém passa a sentir empatia pelo seu agressor. A trama segue a polonesa Laura Biel (Sieklucka), uma mulher presa em um relacionamento sem muita animação, que viaja junto com o namorado e um casal de amigos para a Itália. Descontente com a relação, a jovem sai desorientada pela rua à noite e acaba sendo sequestrada. Ela acorda em uma mansão e logo descobre que Massimo Torricelli (Morrone), chefe da mafia italiana, é o responsável por sua prisão.

O criminoso e empresário sedutor avisa que a manterá ao seu lado por 365 dias, com a intenção de que ela se apaixone por ele. O fato é que cinco anos antes, Massimo foi baleada durante o atentado que tirou a vida do seu pai e desde então tem a visão de Laura em sua mente. Com isso, a dupla inicia um jogo de sedução, até a mocinha finalmente ceder aos encantos do italiano. A relação avança e o que parecia ser apenas carnal se transforma em algo a mais. Tanto que Laura assume estar apaixonada, antes mesmo do término do prazo, e Massimo a pede em casamento. No entanto, o filme termina com ele recebendo a notícia de que a sua noiva seria executada por um inimigo.

O longa é baseado no primeiro livro de uma trilogia erótica escrita pela polonesa Blanka Lipinska. Então, se outros filmes forem produzidos, ainda há muita coisa para acontecer na intensa relação de Laura e Massimo.

365 Dias conta com direção de Barbara Bialowas e Tomasz Mandes e roteiro de Tomasz Klimala. Bronislaw Wroclawski, Otar Saralidze, Magdalena Lamparska, Natasza Urbanska, Tomasz Stockinger, Grazyna Szapolowska e Mateusz Lasowski completam o elenco.