Convidado para dirigir O Segredo de Brokeback Mountain, Lee Daniels faz revelação sobre filme

O Segredo Brokeback Mountain
O Segredo Brokeback Mountain (Imagem: Divulgação)

Sucesso estrondoso em meados dos anos 2000, o filme O Segredo de Brokeback Mountain, foi dirigido por Ang Lee, mas antes de o projeto cair no seu colo, ele passou pelas mãos de muitos diretores. Entre eles estava Gus Van Sant, que queria Matt Damon e Joaquin Phoenix nos papéis principais, Joel Schumacher, e até Pedro Almodóvar, que sugeriu fazer uma versão mais despudorada da história adaptada de Annie Proulx. Mas em nova entrevista Lee Daniels, criador de Empire, contou que também chegou a negociar para dirigir o filme.

“Eu iria dirigir Brokeback Mountain. Seria meu segundo filme depois de A Última Ceia (Monster’s Ball)”, explicou ele em entrevista à Insider. Daniels não dirigiu A Última Ceia, e sim atuou como produtor, então o romance gay seria seu primeiro filme na direção.

“Era uma história muito valiosa para se engavetar. Eu simplesmente não conseguia fazer o filme. Ninguém iria querer ver o filme, [porque] ninguém queria fazer o filme”, disse ele, que não conseguiu assistir ao longa na época de seu lançamento.

“Eu não pude assistir quando saiu. Eu via o filme inteiro na minha cabeça, o roteiro era poderoso. Então, quando Ang apareceu, eu não queria ver, porque eu simplesmente não achei que ele faria justiça. Quando [Jack e Ennis, os protagonistas] transaram pela primeira vez na tenda, eu vi aquela cena como eu a dirigiria, então não conseguia imaginar nenhum outro cineasta fazendo justiça. Especialmente um cineasta hétero”.

Mas Daniels disse que depois que tudo passou, ele pôde não só assistir ao filme, mas gostar do que viu. “Vi 15 anos depois, e Ang Lee fez um ótimo trabalho. Na verdade, ele fez isso de uma maneira que era palatável para muitos heterossexuais em todo o mundo. Eu provavelmente, jogaria mais as coisas na cara, e ele fez numa perspectiva diferente, então parabéns a ele. E eu disse isso a ele já”, explicou o diretor.