Filme Coringa
Foto promocional com cena de Joaquin Phoenix em Coringa (Divulgação/Warner Bros. Pictures)

O novo longa de Todd Phillips acaba de atingir mais um patamar incrível. O filme Coringa, estrelado por Joaquin Phoenix, bateu os filmes Deadpool (2016) e Deadpool 2 (2018), da Marvel, e conquistou um novo recorde. Coringa se tornou o filme para maiores de 18 anos (Rated R, no original em inglês) com a maior bilheteria da história.

As informações são da revista norte-americana Forbes, que revelou os valores alcançados por Coringa na bilheteria. De acordo com o veículo de notícias, o longa atingiu, na última sexta-feira (25), a marca de US$785,5 milhões em bilheteria. Com isso, Coringa superou os US$785,05 milhões de Deadpool 2 e também ultrapassou os bem-sucedidos US$ 782,6 milhões do primeiro filme da saga Deadpool. Os valores para Coringa já eram projetados anteriormente, ao longo da última semana, e foram conseguidos logo em seguida.

Além disso, a revista norte-americana afirma que um total de US$ 50 milhões da sequência encabeçada por Ryan Reynolds foi conseguido através de uma versão editada para o público menor de idade, que teve sua estreia no cinema junto com o corte original. Apesar disso, vale destacar que, em alguns lugares, Coringa, lançado nos cinemas brasileiros no último dia 3 de outubro, foi classificado como “para maiores de 16 anos”.

Entretanto, a marca conquistada foi compartilhada por Ryan Reynolds (o Deadpool), que brincou com o filme Coringa por meio de sua conta no Twitter. Em sua rede social oficial, ele escreveu: “As publicações de parabenização para recordistas de bilheteria para maiores de 18 anos não são mais como você costumava ver…”. A fala do ator se refere ao fato de ele ter compartilhado uma brincadeira, com um palavrão proferido por Coringa e direcionado aos detentores das dez maiores bilheterias. E o diretor Todd Phillips ocupa o Top 10 das maiores bilheterias para filmes direcionados a maiores de 18 anos com outra produção, o longa-metragem Se Beber, Não Case! – Parte II (2011).

Confira a publicação de Ryan Reynolds e veja a brincadeira feita pelo ator: 

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui