Filme Coringa
Joaquin Phoenix em foto promocional para Coringa (Divulgação/Warner Bros. Pictures)

Novos dados divulgados recentemente apontam para outro recorde quebrado pelo filme Coringa. O longa, dirigido por Todd Phillips, acaba de conquistar mais um título para a produtora Warner Bros. Pictures. O filme se tornou a maior abertura para a companhia norte-americana este ano, no Brasil. Os dados foram divulgados pelo site de notícias FilmeB, especializado no mercado do cinema.

De acordo com o portal, foram mais de 1,8 milhão de espectadores assistindo ao longa-metragem entre quinta-feira (3), data oficial da estreia no Brasil, e o último domingo (6). Com isso, Coringa arrecadou, nos lados de cá, uma bilheteria de R$ 31 milhões. Até então, o título de maior abertura do ano de 2019 pertencia à segunda parte de It: A Coisa, que estreou em 5 de setembro nos cinemas brasileiros.

Com o segundo capítulo do filme de Andy Muschietti sobre o palhaço Pennywise, interpretado pelo ator sueco Bill Skarsgård, a Warner Bros. embolsou uma receita de R$ 17 milhões na abertura, levando 1 milhão de espectadores aos cinemas nacionais em seu fim de semana de estreia.

Mundialmente, os dados mais recentes para Coringa ainda apontam a incrível bilheteria de US$ 234 milhões, informada na segunda-feira (7) pelo site norte-americano de notícias de entretenimento Deadline.

E os dados recém-conquistados pelo vilão Coringa de Phillips e Joaquin Phoenix (ator que vive o papel principal) surgem logo após recordes quebrados nos Estados Unidos.

O Deadline informou que o filme passou a ser a maior abertura de todos os tempos para o mês de outubro, arrecadando um valor em torno de US$ 93,5 milhões somente em seu primeiro final de semana de exibição nos cinemas de lá. A marca anterior, um registro de US$ 80 milhões, pertencia ao filme Venom (2018), que contou com direção do cineasta Ruben Fleischer.

Para completar o sucesso, Coringa ainda bateu a maior bilheteria para uma sexta-feira de outubro, somando US$ 39,8 milhões nos Estados Unidos, e conseguiu o feito de maior abertura nas telonas para o diretor Todd Phillips. Anteriormente, este último recorde estava por conta de Se Beber, Não Case! – Parte 2, filme de 2011.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui