Bob Iger (Imagem: Divulgação)
ANÚNCIO

O medo do Coronavírus se espalhar pelo mundo fez com que os principais índices de ações caíssem no início dessa semana. As ações da Disney e da Amazon caíram mais de 4% no início das negociações, com relatos de que o vírus mortal atingiu a Coréia do Sul e a Itália assustando os investidores.

O Dow Jones Industrial Average caiu mais de 900 pontos, ou mais de 3%, na primeira hora de negociação nos EUA. O NASDAQ caiu mais de 300 pontos, ou 3%. A Disney, vulnerável a preocupações de pandemia por causa de seus parques temáticos, viu as ações caírem quase 5%. A Amazon, outra empresa com exposição global, caiu 4,3%. As ações da ViacomCBS, que foram prejudicadas na semana passada após o primeiro relatório de lucros da empresa após a fusão, também caíram mais de 4%.

Netflix, AT&T, Comcast, Discovery, Fox Corp. e AMC Networks foram mais resistentes à desaceleração, registrando quedas na faixa de 2% a 3%. A variação das ações fez com que a Disney tivesse uma queda em seu valor de mercado de 267 bilhões de dólares em janeiro para 231 bilhões de dólares em fevereiro. Também nesta semana, foi anunciada a troca de CEO, de Bob Iger para Bob Chapek, que anteriormente era presidente executivo dos parques, e produtos com a marca Disney.

O que surpreendeu não só o mercado de ações, mas todo o público é que na era de vazamentos, a empresa conseguiu esconder que realizaria uma troca tão grande, e de um dia para o outro, já que Chapek já assumiu o cargo nesta quarta-feira, 26 de fevereiro. De acordo com o The Hollywood Reporter, o contrato de Chapek durará até fevereiro de 2023, com um salário anual de 2,5 milhões de dólares. Enquanto isso, Iger deixa o cargo com a certeza de que fez a empresa crescer 335% no período em que esteve no comando.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui