Criador de Bojack Horseman critica atitude da Netflix e da Amazon

BoJack Horseman
BoJack Horseman (Reprodução)

Você já parou para pensar em quantas pessoas estão por trás dos filmes, séries e outros programas que assiste em sua plataforma preferida de streaming? São necessárias centenas de pessoas trabalhando para fazer cada cena acontecer, e elas são mencionadas nos créditos finais que muitas vezes sequer damos atenção. Os serviços de streaming sobretudo, permitem que o telespectador não veja tais créditos com frequência, tanto é que Netflix e Amazon possuem opções de reprodução automática do próximo episódio.

O recurso, mesmo sendo uma ‘mão na roda’, acaba prejudicando os profissionais envolvidos pela falta de visibilidade, algo que Raphael Bob-Waksberg, criador de BoJack Horseman criticou através de uma rede social. Ele usou seu Twitter para chamar atenção das empresas em relação a isso, e assim fazer com que elas deixem de minimizar os esforços daqueles que trabalham por trás das câmeras. 

Bob disse em post que gostaria de trabalhar em uma rede ou serviço que não cortasse os créditos finais. “Adoraria trabalhar para uma rede que não faz isso”, escreveu ele em um tweet. “Se você trabalha em uma, vamos conversar.”

“Um programa representa o trabalho incansável e acumulado de centenas de artistas criativos que sonham em um dia ter seus nomes encolhidos em uma pequena caixa e depois cortados abruptamente por um trailer de The Witcher”, continuou ele ironicamente em seguida.

Alguém respondeu aos tweets de Bob-Waksberg para contar sobre sua experiência assistindo à série original da Amazon, Undone. Bob-Waksberg também assistiu ao programa e explicou que a reprodução automática dessa série começou antes mesmo dos créditos serem apresentados na tela. 

“Quando eu assisti Undone, eles colocaram um anúncio para o próximo episódio, sobre a foto, ANTES de atingir os créditos”, disse ele. “A pessoa com quem eu estava assistindo ficou tão distraída que tivemos que voltar e assistir ao final novamente, porque ela perdeu”, revelou ele. E você, leitor do SpinOff, qual sua opinião sobre a reprodução automática nos serviços de streaming?

bostancı escort