Criador de Deadpool deixa birra de lado, e diz o que pensa sobre novo filme do herói

Rob Liefeld, criador de Deadpool
Rob Liefeld, criador de Deadpool (Reprodução)

Não é novidade para ninguém que Rob Liefeld, criador de Deadpool ficou enfurecido com a Disney, por ela não ter planejado nenhum filme para o personagem, mesmo que toda a equipe de Ryan Reynolds estivesse planejando isso. As reclamações públicas contra a casa do Mickey Mouse por parte do autor contaram até com a postagem de uma ilustração que mostrava o mercenário falador, assassinando e segurando pelo rabo o corpo do ratinho mais querido do mundo.

Em nova entrevista ao site Collider, Liefeld explicou que existem possibilidades para o filme, e ainda sobre a possibilidade levantada pelos fãs de um filme solo para o personagem Cable.  “Você sabe o que? Pode não haver outro filme Deadpool, e eu estou bem com isso. Porque eu tenho que viver com o fato de que eu tive duas experiências incríveis, dois filmes dos quais tenho muito orgulho, adoro conhecer todo mundo nesses filmes”.

“Eu amo Ryan [Reynolds], Josh [Brolin], Zazie, David [Leitch], Tim Miller. Todos eles. O trabalho que eles fizeram foi fantástico, esses filmes estão aqui para resistir ao teste do tempo. No mundo em que vivemos, nada é garantido. E é preciso muito para fazer filmes. E pós-quarentena, isso é ainda mais estranho”.

Segundo ele, o talento de Josh Brolin seria suficiente por si só para garantir uma série de filmes focados em Cable: “Cable deveria ter sua própria série de filmes. Ele pode existir independentemente de Deadpool em um piscar de olhos. Ele existe há anos. Se Deadpool esteve em 330 quadrinhos, Cable esteve em cerca de 520. Sim, eu contei…. Entre o encerramento e a abertura de Deadpool 2, me aproximei bastante de Josh. E ele estava muito empolgado em explorar Cable nas sequências subsequentes. O filme independente da X-Force que, em suas próprias palavras, era centrado em Cable”, explicou o auto inconformado por ainda não terem feito um desenho animado de Deadpool.