Criador de Ponto Cego explica motivo que levou ao fim da série

Ponto Cego (Imagem: Divulgação)

Estrelada por Jaimie Alexander, na pele de Jane, uma misteriosa mulher encontrada em Nova York, cujo corpo repleto de tatuagens torna-se peça chave para que o FBI desvende uma série de crimes, Blindspot,  é um “sleeper hit” (produto ou série que vira sucesso após um lançamento despercebido). Por isso, muitos fãs estão incrédulos com o fim da série na 5ª temporada.

A queda de audiência de Ponto Cego, como a série é conhecida no Brasil, foi apontada como responsável pelo fim da produção. Entretanto, em entrevista ao Collider o criador Martin Gero revelou que desde o início tinha em mente que a Blindspot teria essa duração, embora não soubesse de todos os detalhes quando começou.

“O final é muito aquilo que tinha pensado o que seria, o que é empolgante. Quando você tem um plano de cinco anos, no primeiro os níveis de detalhes são obscuros, o quanto mais longe você conseguir. Nós sabíamos que na 5ª temporada eles estariam fugindo e tínhamos uma ideia vaga de como seriam os momentos finais”, explicou o criador.

Gero celebrou o final e agradeceu a equipe: “Temos roteiristas incríveis que adicionam muito e esse elenco incrível que coloca uma vida insana dentro da série. E depois, há centenas de artistas e criadores criativos que dão vida à série. Eles sempre direcionam para onde a série vai. Então, sim, tínhamos ideia de como seria o final, mas ultrapassou bastante nossas expectativas. Estou muito orgulhoso do último episódio. É muito único, bom e estranho no estilo Blindspot – Ponto Cego. Nós filmamos ele por dois meses e meio, indo e voltando entre os episódios, por uma razão que vocês terão que ver”, declarou.

Até então, Blindspot tem 75% de pontuação pública no site Rotten Tomatoes. “O ponto cego é elevado por um mistério intrigante e ação forte o suficiente para levar a maioria dos espectadores a uma suspensão necessária da descrença”, afirma o consenso dos críticos.