Criador de The Walking Dead, Robert Kirkman faz confissão assustadora sobre quadrinhos

Negan Lives
Negan Lives, nova revista em quadrinhos de Robert Kirkman (Reprodução)

The Walking Dead chegou ao fim nos quadrinhos em julho de 2019 na edição de número 193, mas enquanto na TV, o universo dos zumbis só cresce nas páginas, ele não tem possibilidade de ter continuação, pelo menos foi o que garantiu o quadrinista Robert Kirkman, na Comic Con At Home, que aconteceu na semana passada.

Durante um painel intitulado Robert Kirkman at Home, ele foi questionado se tinha planos para um spin-off ou continuação do enredo principal e foi enfático: “Fora o Especial Nega Lives, não!”. Negan Lives foi uma revista lançada em julho que contava em uma única edição o que tinha acontecido com o vilão Negan. A iniciativa em criar a história partiu do próprio Kirkman em tentativa de ajudar a indústria do impresso que acabou sofrendo sua maior crise de todos os tempos nos Estados Unidos devido ao coronavírus. O autor chegou a explicar que não gostaria que o especial ganhasse uma versão digital para forçar as pessoas a voltar a ler as revistas impressas.

Quando encerrou The Walking Dead nas páginas, nem o autor, nem a editora Image fizeram um grande anúncio, ou promoveram os quadrinhos avisando que aquele era o final. A surpresa foi ainda maior quando a revista chegou às bancas estadunidenses com o mesmo valor, e o mesmo número de páginas de suas edições anteriores, o que fez com que ela fosse infinitamente mais vendida, devido à curiosidade dos leitores. Vale lembrar que além de um ato de coragem, Robert terminou sua história no momento que bem entendeu, sem se prender a contrato ou uma exigência editorial de continuar contando uma história.

Ele atualmente está envolvido na escrita do roteiro do filme baseados na série, que trará Andrew Lincoln de volta como Rick. Sua série animada, Invincible também está sendo atualmente produzida para estrear em breve na Prime Video, da Amazon.

ankara escort