Criador revela que Friends quase teve episódio censurado

Friends
Subtrama da Monica no episódio piloto de Friends quase foi censurada (Imagem: Reprodução/NBC)

O canal NBC quase cortou uma grande parte do primeiro episódio de uma das séries que iriam mudar de vez a história da TV norte-americana e do mundo. Friends é sem dúvida a série de comédia que mais marcou nos últimos tempos.

David Crane, criador do sitcom, concedeu uma entrevista para falar das comemorações do aniversário de 25 anos da série, e revelou que o presidente da emissora na época, Don Meyer, não era de acordo com a subtrama de Monica, personagem de Courteney Cox, conforme estava escrito no piloto.

Vale lembrar que Rachel, personagem vivida pela atriz Jennifer Aniston, abandonou o noivo no altar, sua amiga com um cara, após o primeiro encontro, e o fato ia contra a visão conservadora do executivo da emissora. Ele tinha certeza que Monica seria rejeitada pelo público, e por isso propôs a censura.

Mas a situação da quase censura, mudou após o diretor James Burrows diante de uma plateia, ouvir respostas de questões sobre os personagens. E para a surpresa de Don Meyer, todos gostaram de Monica, mesmo com a atitude pouco conservadora da personagem.

Meyer acabou por permitir o piloto, e concordou em manter Monica na trama. A personagem de Courteney Cox, havia se envolvido sexualmente no primeiro encontro, pois acreditava que seu pretendente não fazia sexo há dois anos, mas era tudo mentira, ele usava esse argumento a fim de atrair mulheres para sua cama.

“Ele dizia que a Monica recebia o que merecia, ao ser sacaneada pelo cara. Eu lembro de ver [a co-criadora] Marta Kauffman esfumando de raiva com tal declaração dele, mas eu ignorei. O importante é que ganhamos o sinal verde, então podemos seguir”, relatou o criador.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.