Criadores de Once Upon a Time são contratados para nova série do Disney Plus

Lefou e Gastão em A Bela e a Fera
Lefou e Gastão em A Bela e a Fera (Divulgação)

A Disney Plus está realmente investindo em produções originais e derivadas de seu vasto material. A empresa que abriga os filmes da Lucasfilm e Marvel, além das séries baseadas nos quadrinhos de super-heróis, pretende investir em personagens secundários de seus principais clássicos, e com isso, contratou os criadores de Once Upon a Time, Eddy Kitsis e Adam Horowitz para serem showrunners de um novo prequel.

Trata-se de um spin-off de A Bela e a Bela (2017), focado em Gastão e LeFou, ainda sem título definido. Os atores Luke Evans e Josh Gad, que estiveram no filme já foram recontratados para reprisarem seu papel, e Gad ainda conseguiu ganhar um espaço como co-criador da atração que seguirá eventos anteriores ao antigo conto de fadas. Nenhuma das estrelas do filme, como Emma Watson ou Dan Stevens foi cogitada para o projeto embora, é possível que apareçam como participações especiais em algum momento.

A série ainda está em estágios iniciais, e será gravada na ABC Signature Studios, contando com seis episódios. O compositor musical do longa, Alan Menken também está em negociações com a Disney Plus para integrar o projeto.

Lançado em 2017, A Bela e a Fera arrecadou mais de 1 bilhão nas bilheterias do mundo todo. Uma grande polêmica girou em torno do personagem LeFou na época de lançamento do filme porque ele foi descrito como abertamente gay, levando a uma grande polêmica, como um cinema americano se recusar a exibir o filme alegando que ele era contrário aos ensinamentos da bíblia.

A Rússia, país que já tem um histórico de decepar obras audiovisuais que contenham qualquer menção homossexual, restringiu a produção a maiores de 16 anos, mesmo que no resto do mundo, o filme tivesse classificação livre. Outros produtos com o selo Disney que receberão tratamento de série são Montros, High School Musical, The Sandlot, Turner & Hoock, The Mighty Ducks, e Lizzie McGuire, atualmente paralisada devido a divergências criativas com seus idealizadores.