Criadores de Rick and Morty e Solar Opposites explicam a diferença entre as séries

Cena de Solar Opposites (Reprodução / Hulu)
Cena de Solar Opposites (Reprodução / Hulu)

No fim de semana chegou ao Hulu a nova comédia animada Solar Opposites, pelo estilo do desenho animado já se pode perceber que ele foi feito pelos mesmos criadores de Rick and Morty, contudo, as semelhanças acabam por aí. Em uma entrevista para o site Comic Book, o co-criador de Rick and Morty, Justin Roiland, e o roteirista Mike McMahan falaram sobre as diferenças entre as duas séries.

“Quando estávamos escrevendo isso, não estávamos competindo com Rick e Morty. Não estávamos tentando nos distanciar e não estávamos tentando fazer referência a isso”, começou Mike McMahan. Ele continuou: “Não estávamos ativamente tentando encontrar nenhuma semelhança com Rick and Morty porque estávamos fazendo isso separadamente em nossas mentes. Como se fosse um tipo diferente de programa, mais como uma sitcom, família, do que aquele sombrio programa estrelado por Rick Sanchez. Quero dizer que amamos Rick and Morty, simplesmente não era o que estávamos tentando fazer com isso e ainda nos divertimos muito”.

Roiland acrescentou: “Bem, para ser sincero com você, não houve realmente um esforço de nossa parte para afastar o programa de Rick e Morty ou mais perto dele ou algo assim. Eu realmente nunca pensei que eles estavam muito próximos. Então, nós meio que fizemos o que queríamos fazer. O visual do show, isso é uma conclusão precipitada, porque eu não mudaria meu estilo só porque estava preocupado sobre comparações. Era como, não, isso não faz sentido. Eu estava obviamente pensando: ‘Ok, bem, Matt Groening fez isso com Futurama e, é claro, agora com Desencanto’. E esse é apenas o estilo dele”.

Para finalizar, Roiland disse: “(…) em Rick e Morty há muito existencialismo, muita escuridão. É um tom mais sombrio. E Rick é a razão disso. Esse personagem é incrivelmente complexo. Tem muita merda acontecendo que você não conhece com ele. (…) E no Solar, temos esses quatro alienígenas que são realmente não maliciosos. Eles têm um bom coração. Eles têm boas intenções. Eles estão muito confusos sobre a humanidade. Eles realmente não entendem culturalmente o que é certo, o que está errado”.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.