Crítica: Explicamos o final desesperador de Disque Amiga Para Matar

Christina Applegate e Linda Cardellini na 2ª temporada de Disque Amiga para Matar (Imagem: Divulgação/ Netflix)

A Netflix disponibilizou neste mês a segunda temporada de Disque Amiga Para Matar, ou Dead to me. E a nova leva de episódios tem um final desesperador.

Por isso, resolvemos explicá-lo, pois há duas opções para o desfecho escolhido. Uma terceira seria viagem na maionese, com a possibilidade de Jen morrer. Ela é a protagonista, não tem como! (pode sim ficar com alguma sequela).

Bom, o que vimos foi Judy recuperando o dinheiro que estava guardado dentro de seus quadros, as duas fazendo vários planos e com direito à compra de um carro que Charlie tanto pediu. As parceiras de crime seguiam felizes rumo à casa de Jen quando notam uma surpresa: a placa de pare estava disponibilizada naquele cruzamento crítico.

Ambas pararam ali para festejar quando são interrompidas por um acidente causado por Ben, irmão de Steve. E é aí que entram as duas possibilidades para a história:

Antes disso, Ben havia recebido uma ligação. A primeira opção, e mais aceitável, é que o personagem foi informado da morte de Steve, cujo corpo foi encontrado por um cachorro. Então, se embebedou e correu para contar para Jen, vista por ele como uma amiga e confidente. Porém, estava bêbado, colidiu com o carro e, percebendo a merda que fez, fugiu. Isso fica claro pelo desespero dele ao olhar a bebida em seu carro.

E lógico, as duas não fazem a menor ideia de quem causou o acidente.

A segunda opção, é menos provável. Ou seja, na ligação, soube que alguma evidência contra Jen foi encontrada junto com o corpo de Steve e, portanto, Ben se embebedou, alucinado com a descoberta, e saiu de casa realmente na intenção de se vingar da assassina.

Porém, essa questão também entra na citada anteriormente: 1- Jen não pode morrer. 2- como a série vai andar com a protagonista presa sendo que o que move o enredo é a dupla assassina fazendo de tudo para não ser descoberta, mesmo que às vezes elas mesmas queiram se entregar?

Não faz sentido. Fato é que teremos que esperar um bom tempo para descobrir o que de fato aconteceu em Disque Amiga para Matar diante da pausa nos trabalhos do mundo do entretenimento em razão da quarentena por causa do coronavírus.

Por ora, cabe elogiar esse segundo ciclo e os ótimos desempenhos de Christina Applegate e Linda Cardellini.

Jornalista especializado em entretenimento, consumista de streaming e cinemaníaco de carteirinha.

ankara escort