Aruanas (Divulgação)
  • por Victor Hugo Morais

A Globo exibiu nesta quarta-feira (03) o primeiro episódio de Aruanas na Sessão Globoplay. A série foi disponibilizada recentemente no serviço de streaming da emissora carioca e, por isso, ganhou essa divulgação na principal janela do Grupo Globo, como já ocorreu com outros títulos.

A série foi bem de audiência, com média de 16 e, mais que o episódio em si, chamou atenção o comercial de divulgação do enredo após a transmissão do episódio, quando o vídeo mostrava as protagonistas gritando por justiça a nomes como Marielle Franco e Chico Mendes, dentre outros que perderam a vida por motivos políticos. As personagens dizem que essas pessoas morrerram mas viraram sementes, ou seja, os frutos delas são os que lutam por justiça para eles e outros que foram covardemente assassinados.

Ou seja, isso evidencia que Aruanas é bem política. No episódio isso já havia sido explorado, não com tanta intensidade, com a personagem de Leandra Leal recebendo um “aviso” de que devia se calar, após ser surpreendida com um homem morto dentro do porta-malas de seu carro. Porém, a tentativa foi frustrada, pois logo as estrelas da atração se uniram e foram atrás de pistas para desvendar um crime através de uma conversa com uma testemunha que estava acamada.

O problema é que a enfermeira do hospital estava muito bem instruída e estragou o plano, ao ameaçar o paciente depois de inventar que era hora do banho. E novamente as “Aruanas” decidem que não vão se deixar abater.

Brasil dividido

A produção vem em um momento em que o Brasil está bastante dividido, como evidenciou outro trabalho disponibilizado em streaming, o documentário Democracia em Vertigem, da Netflix. Mas, ainda assim, com brasileiros dispostos a lutar por seus direitos através das redes sociais ou manifestações nas ruas.

Ou seja, Aruanas representa muita gente, pode fazer diferença neste cenário caótico e qualquer semelhança com a realidade, dificilmente terá sido mera coincidência.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui