Emma Stone em “A Mentira” (Imagem: Divulgação)

O live-action Cruella, que contará as origens da vilã do clássico “101 Dálmatas” e que será estrelado por Emma Stone, teve sua data de estreia modificada pela Disney. A decisão sem dúvida entristece os fãs, que estavam ansiosos para conferir e nova aventura.

De acordo com a Variety, o estúdio realizou algumas mudanças no calendário, entre elas, a alteração do lançamento de “Cruella” para 28 de maio de 2021, em lugar da data previamente confirmada de 23 de dezembro de 2020, quase 5 meses depois. O longa foi dirigido por Craig Gillespie, responsável por “Eu, Tonya”.

Além de Stone, fazem parte do elenco também Joel Fry e Paul Walter Hauser como a atrapalhada dupla de ladrões Jasper e Horace, contratados por Cruella para roubar os 101 filhotes e produzir um “maravilhoso” casaco de peles. O live-action irá focar na juventude da personagem, trabalhando como uma simples vendedora em uma loja de departamentos na Londres dos anos 70. Emma Thompson viverá uma rica baronesa cujo encontro com a protagonista dará início à uma missão para recuperar uma herança de família.

Outro título bastante esperado é “A Mulher na Janela”, estrelado por Amy Adams (Encantada, A Chegada). A Disney também achou por bem alterar a data do seu lançamento de outubro desse ano para maio de 2020. O longa foi adquirido juntamente com a compra do estúdio 20th Century Fox, assim como várias outras propriedades.

Contratempo

A direção ficou por conta do prestigiado Joe Wright a partir do roteiro de Tracy Letts. No drama, baseado no livro escrito por A.J. Finn, Amy interpreta uma psicóloga infantil que sofre de agorafobia – medo de sair de casa – e que se torna testemunha de um crime. O atraso, nesse caso, é compreensível, tendo em vista que o filme precisou passar recentemente por refilmagens, depois que as opiniões saídas das exibições de teste não foram satisfatórias.

 

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui