David Ayer culpa Batman vs Superman e Deadpool por mudanças feitas em Esquadrão Suicida

David Ayer (Foto: Mike Marsland/WireImage)

David Ayer, o diretor de Esquadrão Suicida está culpando Batman vs Superman: A Origem da Justiça e Deadpool por mudarem seu filme. Depois do anuncio do lançamento do Snyder Cut de Liga da Justiça, Ayer tem ganhado voz nas redes sociais para liberarem o seu Ayer Cut de Esquadrão Suicida, e ele vem falando muito sobre isso com os fãs no Twitter.

No último fim de semana, o diretor começou falando sobre como seu  filme seria mais sombrio, além de elogiar as performances de Margot Robbie e Jarde Leto: “Isso foi refilmado porque o tom era ‘muito escuro’ – meu primeiro ato foi um filme normalmente construído. Tirei minha inspiração de Nolan. Havia cenas reais com atuação incrível entre Jared e Margot. Coringa era aterrorizante. Harley era complexa”.

Em seguida um fã elogiou o trailer de Esquadrão Suicida, que começa com “I Started a Joke”, e o diretor respondeu falando da recepção mista de Bat vs Super e que sua versão do filme perdeu para uma comédia de herói. “Este trailer acertou o tom e a intenção do filme que fiz. Metódico. Em camadas. Complexo, bonito e triste. Depois que as críticas ao BVS chocaram a liderança da época e o sucesso de Deadpool – meu drama comovente foi derrotado em uma ‘comédia'”, escreveu David Ayer.

Apesar de tudo, por fim o cineasta elogiou a Warner Bros. por ela estar finalmente dando a oportunidade para os diretores trazerem suas visões nas produções cinematográficas. “Eles fazem. Eles absolutamente fazem. Este foi apenas um momento no passado – os envolvidos se mudaram. O estúdio está em um ótimo lugar hoje e incentiva os cineastas a fazerem sua visão”.

Com a chegada da versão de James Gunn de Esquadrão Suicida, é questionado se David Ayer terá a oportunidade de mostrar sua versão do filme do time de super vilões. Mas com a chegada da versão de Liga da Justiça de Zack Snyder, mostra que muita coisa pode acontecer no caminho, o que deixa os fãs esperançosos pelo lançamento do Ayer Cut, principalmente para ver a versão mais sombria do Coringa de Jared leto.