DC FanDome: nova série do Arrowverse promete traje fo** para Superman

Superman & Lois é a nova série da CW (Imagem: Divulgação)

Em janeiro de 2021, o Arrowverse, recém rebatizado como The CWverse tende a ficar ainda maior com a chegada de Superman & Lois, série que mostrará o dia a dia de Clark Kent/ Superman (Tyller Hoechlin) e Lois (Elisabeth Tulloch) lidando com diversas situações do a dia, inclusive a criação dos filhos adolescentes. Durante o DC FanDome que aconteceu no último sábado, 12 de setembro, o diretor de conteúdo da DC, Jim Lee conduziu o painel sobre o programa, e abordou uma das grandes novidades sobre o mesmo: a troca de uniforme do protagonista.

Questionando o Hoechlin, o ator resolveu repassar a pergunta para o showrunner Todd Helbing que foi direto sobre o novo traje do homem de aço na TV: “Originalmente você veio para os crossovers e aquele traje simplesmente não foi construído para sustentar uma série inteira. Falamos muito sobre isso anteriormente, e Crise nas Infinitas Terras nos deu uma nova perspectiva. Sim, vamos refazer tudo. Então, vai haver um traje do Superman realmente fo** neste show”.

Mais sobre a nova série do Superman

O elenco também falou um pouco sobre como os eventos que aconteceram durante o crossover que foi ao ar no final do ano passado, e início deste ano afetou a série do Superman, que começa exatamente depois da morte de Oliver Queen (Stephen Amell), o Arqueiro Verde. Os protagonistas da série retornarão para a cidade de Smallville onde tentarão criar seus filhos já crescidos (em Crises eles eram apenas bebês), e embora o showrunner tenha garantido que o foco seria na tentativa de vida normal do casal, não faltariam momentos de heroísmo.

“Queríamos apresentar duas crianças que tinham dois conjuntos de habilidades completamente diferentes, e como o casal lida com isso como pais?”, começou Helbing, que também falou sobre a mudança de ambiente já que nas HQ’s e no cinema, o Superman mora em Metropolis. “Não vou dar motivos ainda, mas a história do Superman se passa em Metropolis há muito tempo – obviamente houve a série Smallville – mas eu vim de uma pequena cidade no meio-oeste, e a cidade em que cresci teve uma licença de negócios que afetou a todos na cidade, e a cidade começou a secar, e parecia muito atual em relação aos últimos anos depois de 2008. Então queríamos contar a história dos pais, depois desse trágico acontecimento, voltando para Smallville e realmente descobrindo que talvez seja mais fácil criar filhos, talvez em um lugar onde a vida não é tão agitada quanto Metropolis”, concluiu. A série ainda não tem previsão de estreia no Brasil.