DC revela páginas com final alternativo da história Uma Morte em Família

Arte de Uma Morte em Família (Divulgação / DC Comics)

Uma Morte em Família foi um dos arcos mais marcantes da história da DC Comics. Publicada entre 1988 e 1989, a história mostrou Jason Todd, sendo traído pela própria mãe e em seguida sequestrado pelo Coringa. Na sequência o Robin foi espancado pelo palhaço do crime com um pé de cabra e depois deixado para morrer em um galpão em chamas. A decisão da morte do parceiro do Batman veio dos fãs, pois Jason Todd era um personagem que não agradou muito.

A DC Comics decidiu deixar o destino do jovem nas mãos do leitores, onde disponibilizou dois números de telefone, onde um número podia ser votado pela morte de Robin e outro para que a vida dele fosse salva. Após sua morte, a DC ressuscitou Jason Todd e ele voltou como o personagem Capuz Vermelho, um justiceiro violento que buscava vingança pelo que o Coringa fez com ele no passado.

Recentemente a Polygon publicou um artigo onde são mostradas as páginas onde pode ser visto que Batman conseguiu encontrar Jason Todd ainda vivo. Segundo informações do site, a DC Comics não sabia que destino os leitores escolheriam, então desenharam os dois finais possíveis. A páginas foram retiradas dos arquivos da DC na Califónia, elas fariam parte da revista Batman #428 e contaram com a arte de Jim Aparo e Mike DeCarlo. A história de Uma Morte em Família foi escrita por Jim Starlin.

Nas imagens divulgadas podemos ver o Batman segurando Robin em seus braços e agradecendo a Deus por ele estar vivo. Em seguida vemos Bruce Wayne visitando Jason Todd no hospital enquanto o jovem está se recuperando. Confira abaixo:

Página do final alternativo de Uma Morte em Família (Divulgação / DC Comics)
Página do final alternativo de Uma Morte em Família (Divulgação / DC Comics)

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.