Deadpool 3: Criador fala se existe possibilidade de continuação da franquia

Deadpool
Deadpool (Reprodução)

Rob Liefeld, criador do personagem Deadpool, deixou muitos dos fãs preocupados ao confessar durante entrevista ao Inverse, que não estava confiante com o futuro do personagem nos cinemas. 

Uma coisa que as pessoas não querem ouvir, mas graças a Deus eu sou um realista: eu sinto que o os filmes do Deadpool acabaram”, disse ele, que esteve ativamente envolvido nas produções do herói na Fox. “As pessoas precisam se acalmar e perceber que Deadpool 1 e 2 foram lançados com dois anos de diferença, em 2016 e 2018, e eu não estou muito confiante nos planos da Marvel neste momento”, comentou o quadrinista que após os dois longas, acha que a franquia chegou ao fim.

Vale ressaltar que o astro Ryan Reynolds, que deu vida ao personagem, preferiu fugir do assunto ao ser questionado, recentemente, sobre a possibilidade de uma produção de Deadpool 3, no Universo Cinematográfico Marvel (MCU).

“Eu realmente não sei. É tudo tão novo na Marvel agora, sabe, entendendo o que fica e o que sai o máximo que eu posso, de onde estou. Veremos”, disse Reynolds na ocasião.

A condição de Deadpool dentro da Marvel é bastante incerta, tendo em vista que o mercenário tagarela antes fazia parte do universo de produções da Fox, juntamente com franquias de sucesso como a do X-Men. 

A possibilidade de Deadpool se juntar ao MCU está deixando muitos dos fãs preocupados, pois existe o medo da Marvel mudar a essência do personagem. Deadpool é conhecido por ter um excesso em palavrões, além de cenas fortes de violência, e esses são fatores que o estúdio evita colocar em suas produções.

Deadpool 3 ainda não tem nenhuma previsão de estreia. O filme anterior da franquia consagrou-se como um sucesso. Sendo assim, a maior bilheteria mundial de um filme para maiores, só perdendo a posição para o filme do Coringa, lançado no ano passado.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.