Deborah Secco como Bruna Surfistinha
Deborah Secco como Bruna Surfistinha (Imagem: Divulgação)

Oito anos após protagonizar a história da prostituta Bruna Surfistinha no cinema, Deborah Secco fez revelações sobre o filme, que causou o maior barulho na indústria cinematográfica na época. Em entrevista ao TV Fama, da RedeTV, a atriz que entrou como sócia na produção contou que apesar do sucesso, teve prejuízo no dinheiro que investiu na obra. 

“As pessoas não sabiam, é uma coisa que eu acho que não tem sido divulgada. Estávamos no meio das filmagens e eu queria mais uma semana de filmagens, só que não tinha dinheiro para filmar. Então eu falei: ‘Quanto é para mais essa semana?’ e banquei, virando sócia do filme”, contou à repórter Andrea Corazza. 

Déborah ainda continuou: “Banquei o filme e a gente não teve lucro. Foi um filme diferente do que todo mundo fala. Leio sempre na internet que falam: ‘Nossa, ela deve estar ganhando muito dinheiro’, mas, no final das contas, eu perdi dinheiro com o Bruna”.

Apesar do rombo, a famosa conta que interpretar a personagem também foi uma experiência positiva, já que a produção foi um divisor de águas na sua carreira. “Valeu muito a pena porque ganhei muito em realização artística e crescimento de imagem. Talvez naquele momento eu não tivesse noção do investimento que estava fazendo, mas eu estava investindo nessa revolução da minha carreira”, avaliou. 

Lançado em 2011, Bruna Surfistinha é baseado no livro O Doce Veneno do Escorpião — O Diário de uma Garota de Programa, do jornalista Jorge Tarquini, que relata sobre a trajetória de Raquel Pacheco trabalhando como garota de programa e sua vida na prostituição.

A produção arrecadou mais de R$ 18 milhões e conta ainda no elenco com Cássio Gabus Mendes, Drica Moraes, Fabiula Nascimento, Cristina Lago, Guta Ruiz, Clarisse Abujamra, Luciano Chirolli, Sérgio Guizé e Simone Iliescu.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui