Declaração de Evangeline Lilly sobre coronavírus pode afetar filme na Marvel

Hope (Evangeline Lilly) e Scott (Paul Rudd) em Homem Formiga e a
Hope (Evangeline Lilly) e Scott (Paul Rudd) em Homem Formiga e a Vespa (Divulgação)

Estamos vivendo uma era que tudo o que você disser pode ser usado contra você e não é somente nos tribunais. E isso provavelmente pode acontecer com a atriz Evangeline Lilly, que interpreta a Vespa nos filmes do Homem-Formiga. Na última semana, ela zombou do isolamento social que está acontecendo em todo o mundo devido ao coronavírus em uma postagem numa rede social.

Tudo começou quando Lilly postou no Instagram uma foto levando o filho na escola, e dizendo que ao chegar lá ele lavou as mãos, e deu muitas risadas com os colegas. Uma seguidora então questionou o motivo de ela não estar se auto-isolando, e ela respondeu que não iria parar sua vida por causa disso, e que preferia ter liberdade a ter saúde.

De acordo com o site We Got This Covered, a declaração da atriz meio à pandemia global pegou tão mal, que a Marvel Studios está pensando em diminuir sua participação no próximo longa do herói protagonizado por Paul Rudd. Segundo rumores, tanto Scott Lang como a Vespa seriam os dois pilares de uma aventura no estilo de James Bond, mas agora a história será modificada, de forma a tirar dela esse protagonismo, e colocar o foco em cima da relação do herói com sua filha, Cassie, que se tornou adolescente longe de seus olhos.

A atitude da atriz foi inclusive criticada por Sophie Turner, a Sansa de Game of Thrones, que através de uma live junto com seu marido Joe Jonas, pediu que as pessoas ficassem em casa, e sem citar nomes, usou a frase de Evangeline Lilly. “Fique em casa, não seja estúpido… mesmo que você ‘priorize sua liberdade ao invés de sua saúde’. Eu não dou a mínima para a sua liberdade, você pode estar infectando outras pessoas vulneráveis que estão ao seu lado”, falou a loira.

Comentários