Depois de detonar a Disney, John Boyega recebe apoio de atores negros da DC

John Boyega como Finn em Star Wars (Reprodução)

Algumas estrelas da DC estão apoiando o ator John Boyega depois de ele discursar sobre a Disney e a forma como a empresa trata seus atores negros. Em uma entrevista o ator que interpretou Finn em três filmes da franquia Star Wars disse que seu personagem foi excluído do material promocional dos longas assim, como qualquer artista não branco, e que o estúdio preferia dar importância a divulgar os atores brancos do filme mesmo que seus papéis não fossem tão relevantes.

Candice Patton como Iris em The Flash
Candice Patton como Iris em The Flash (Divulgação/ The CW)

Candice Patton, atriz que interpreta Iris na série The Flash, explicou que está no mesmo barco que Boyega, porque mesmo sendo a co-estrela do programa nunca é lembrada pelos fãs, ou em eventos quando o elenco está presente. “Experiência parecida, sentimentos parecidos. Obrigado Boyega”, escreveu ela no Twitter compartilhando o link da entrevista do ator na GQ britânica.

Patton contou anteriormente que quando foi escalada para viver a personagem os produtores pediram que ela não ficasse online, pois os fãs de quadrinhos costumam ser ortodoxos e por lá, sua personagem era uma garota branca. Boyega disse: “Eu sou o único membro do elenco que teve sua própria experiência única naquela franquia com base em sua raça. Vamos deixar assim. Ficar com raiva de um processo como esse, o torna muito mais militante; isso muda você. Porque você percebe: ‘Recebi essa oportunidade, mas estou em uma indústria que não estava pronta para mim’. Ninguém mais no elenco tinha pessoas dizendo que iriam boicotar o filme porque [eles estavam nele]. Ninguém mais teve o alvoroço e ameaças de morte enviadas nas DM’s do Instagram e mídias sociais, dizendo, ‘você não deveria ser um Stormtrooper’. Ninguém mais teve essa experiência. Mesmo assim, as pessoas ficam surpresas por eu ser assim. Essa é a minha frustração”, contou o ator.

Ray Fisher (Foto: Divulgação)
Ray Fisher (Foto: Divulgação)

No Twitter um fã, pediu que tanto Boyega, como Ray Fisher, que viveu o Cyborg em Liga da Justiça falassem sobre sua experiência como homens negros em Hollywood, e Fisher respondeu: “Talvez depois que a investigação terminar. Mas só posso adiantar uma coisa, Hollywood nunca mais será a mesma”. Depois de denunciar as ações do diretor Joss Whedom, que substituiu Zack Snyder em Liga da Justiça, a Warner Bros. tomou a decisão de investigar o ambiente de trabalho comandado pelo cineasta.