Depois de postagem antirracista, Ben Affleck vai até protesto com namorada

Ben Affleck e Ana de Armas
Ben Affleck e Ana de Armas durante protestos (Reprodução/ Twitter)

Os protestos nos Estados Unidos estão fazendo com que vários atores saiam de suas casas e briguem por ideais. É o caso de Ben Affleck, que se juntou à luta antirracista junto com Ana de Armas na última terça-feira, 02 de junho. O ex-intérprete do Batman foi visto em uma imagem compartilhada nas redes sociais, andando no meio das manifestações.

O casal aparece segurando cartazes com o nome do movimento Black Lives Matter, que nasceu após a morte de George Floyd, por policiais. Anteriormente, Affleck se manifestou sobre os protestos em sua conta no Twitter: “Agora é tempo para eu ouvir, aprender e, mais importante, agir”.

Affleck e Ana deixaram claro seu relacionamento em março deste ano e desde então têm postado fotos juntos em diversas ocasiões. Segundo notícias que foram divulgadas recentemente, o ator estaria disposto a ouvir propostas da Warner Bros., e do diretor Zack Snyder para voltar a viver o Homem-Morcego no Snyder Cut, que chegará em 2022 no HBO Max, novo streaming da companhia.

Ben Affleck revelou anteriormente que não estava mais disposto a interpretar o herói, que viveu nos filmes Batman vs. Superman: A Origem da Justiça, Liga da Justiça, e Esquadrão Suicida. “Sabe, tive a oportunidade de escrever, dirigir e começar um filme solo do Batman, mas aconteceu de eu estar em um ponto da minha vida na qual perdi o interesse nessas histórias, entende?”.

O ator chegou a dizer que durante a fase de regravação de cenas Liga da Justiça, com o diretor Joss Whedon, estava sofrendo com o alcoolismo, e que por pouco não interpretou novamente o personagem em The Batman, novo filme de Matt Reeves que será protagonizado por Robert Pattinson. “Eu mostrei a alguém o roteiro de The Batman. Eles disseram: ‘Acho que o roteiro é bom. Também acho que você beberá até a morte se passar pelo que acabou de passar novamente”, disse na ocasião.