[Descubra] pode não estrelar a série Hawkeye, entenda o porquê

Hailee Steinfeld (Reprodução)

Pouco depois do anúncio das séries da Marvel que seriam desenvolvidas para o Disney+, entre elas Hawkeye, os fãs passaram a especular que o personagem de Jeremy Renner, Clint Barton, dividiria a produção com a protegida Kate Bishop, o que mais tarde foi confirmado. Porém agora um empecilho pode colar em risco os planos do estúdio.

Fontes revelaram à Variety que Hailee Steinfeld (Bumblebee) teria recebido o convite para assumir o papel, o que foi divulgado também pelo Spinoff. O rumor não confirmado pelos representantes da atriz ou pela Marvel, e recentemente, quando questionada sobre o assunto durante o tapete vermelho da estreia da série ‘Dickinson’, Hailee respondeu:

Sobre isso eu não sei. Não tenho ideia sobre o que você está falando”, levantando ainda mais suspeitas. As mesmas fontes revelam agora que a demora na confirmação e as negociações estariam sendo complicadas justamente pelo compromisso de Steinfeld com a produção da Apple TV+. Seu contrato, que possui cláusulas de não competitividade, a proibiriam de trabalhar para a concorrência ainda por um período de tempo significativo.

Apesar das dificuldades, o projeto não teria sido apresentado como possibilidade à nenhuma outra atriz, e Hailee ainda possui prioridade. O objetivo agora seria tentar contornar essas cláusulas, especialmente porque estrelar uma série do estúdio significa automaticamente a chance de marcar presença também nos filmes, o tipo de oportunidade que não pode ser desperdiçada.

Nos quadrinhos, Kate Bishop aparece como aprendiz de Clint, demonstrando grande habilidade com arco e flecha. Eventualmente, com o Gavião original partindo para a aposentadoria, a jovem assume seu lugar, dessa vez no grupo Jovens Vingadores.

 E por falar em Dickinson

A Apple TV+ está apostando em uma nova versão, modernizada, da história da clássica autora americana. Misturando visuais e figurinos de época com diálogos contemporâneos, o foco será explorar temas como feminismo, misoginia, e as expectativas da sociedade para com as mulheres. A estreia acontece em 1º de novembro.

 

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.