Descubra qual será o destino das séries live-action da Marvel TV

"Motoqueiro Fantasma"
“Motoqueiro Fantasma” (Imagem: Divulgação)

O cancelamento das séries da Marvel TV exibidas pela Netflix chegaram como um baque para os fãs de personagens como Daredevil, Jessica Jones e Luke Cage. Com programação cada vez mais escassa, o estúdio pode estar próximo de perder seu espaço para uma “concorrente” da mesma família.

De acordo com informações da Variety, fontes da indústria revelaram que a tendência é que as produções live-action sejam cada vez mais afastadas da Marvel Television, atualmente sob a responsabilidade de Jeph Loeb. Isso porque o presidente Kevin Feige está a todo vapor com as suas próprias séries para a nova plataforma de streaming Disney+.

As séries do Feige estão há anos luz de qualquer coisas que a Marvel TV têm sido capaz de fazer”, comentou um agente que não quis se identificar. “Ele tem acesso a todos esses personagens do MCU que outras produções live-action não tem, sem mencionar os orçamentos muito maiores”. Esse último ponto realmente não tem como ser discutido.

Cada uma das séries previstas para o streaming, entre elas Falcão e Soldado Invernal, Loki, WandaVision, Mulher-Hulk e Mrs. Marvel, teriam orçamento entre 100 e 150 milhões de dólares cada, valor médio gasto para produzir os últimos filmes da Marvel nos cinemas. Já “Daredevil”, “Jessica Jones”, “Luke Cage” e “Punho de Ferro” teriam custado, juntas, em torno de 200 milhões, um gasto de cerca de 3.8 milhões por episódio.

Decepções

Alguns cancelamentos recentes realizados pela Marvel TV deixaram novamente um gosto amargo para os fãs, como as séries Legion, Agente Carter, uma produção animada baseada em Deadpool, além da série solo do Motoqueiro Fantasma, que não chegou a ver a luz do dia e seria protagonizada por Gabriel Luna. O motivo seriam divergências criativas entre o canal e a equipe.

Os projetos agendados pelo estúdio para 2020 são ““[The Offenders”, “M.O.D.O.K.”, “Tigra e Dazzler” e “Howard The Duck”.

 

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

ankara escort