Bright/Divulgação

A Netflix a cada dia se firma como uma das maiores produtoras de conteúdo original dentro do mercado de streaming e de tv em geral. Infelizmente, porém, nem todos os seus projetos são bem recebidos pela crítica, como foi o caso do longa Bright. Mesmo com a sequência confirmada pela plataforma, lá se vão 2 anos praticamente sem nenhuma novidade.

O que se sabe é o diretor David Ayer retorna para comandar a continuação e escrever o roteiro, assim como o astro Will Smith, que reprisará seu papel. Essa semana, durante o evento TCA, o diretor confirmou ao ComicBook que continua o desenvolvimento do projeto: “Continuamos desenvolvendo. Estamos trabalhando no filme e esperamos que possamos montá-lo em breve”, adiantou.

É uma ótima oportunidade para que possamos explorar mais desse mundo. Eu acho que as pessoas sentiram que ainda havia muito o que explorar. ‘Nos fale mais sobre o dragão, sobre isso, sobre a história’. Então é um mundo bem rico e eu acho que vamos tirar mais daí”, continuou Ayer.

Será que vai?

Aparentemente o maior empecilho tem sido a agenda mais do que ocupada de Smith, que recentemente lançou Projeto Gemini e Um Espião Animal ao lado de Tom Holland. A atriz Lucy Fry confirmou a dificuldade: “Nós iríamos gravar em algum momento desse ano, mas então tivemos alguns problemas com a agenda do Will Smith. Eu realmente espero que a sequência seja feita, pois me diverti muito nas gravações do primeiro filme.”

O longa original tem Will como um policial humano e Joel Edgerton como seu parceiro orc, vivendo em uma Los Angeles alternativa cheia de criaturas de diferentes espécies. A dupla esbarra com um artefato que os coloca no meio de uma disputa por território. Apesar das críticas, a Netflix divulgou que mais de 11 milhões de espectadores assistiram Bright nos primeiros dias do seu lançamento.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui