Descubra se Jon Watts continuará ou não como diretor de Homem-Aranha

Jon Watts nos bastidores de Homem-Aranha (Reprodução)

Depois de uma sexta-feira que entrará para a história como o dia no qual Sony e Disney reataram o acordo que permite a volta do Homem-Aranha para a Marvel, foi anunciada também a data do terceiro filme do cabeça de teia. Agora, resta saber se Jon Watts permanecerá ou não como diretor da franquia.

De acordo com o Deadline, tudo indica que sim. Fontes ligadas aos estúdios confirmaram que Watts estaria praticamente certo para assumir o projeto, porém o anúncio estaria sendo atrasado até que os gigantes do entretenimento tivessem batido o martelo nos novos termos do contrato, o que como mencionado, aconteceu na última sexta (27).

Kevin Feige escolheu Watts em 2015 para dirigir “De Volta ao Lar” após a estreia de “Cop Car”, filme que dirigiu estrelado pelo ator Kevin Bacon. O sucesso e a bilheteria de 880 milhões de dólares garantiram seu posto na sequência “Longe de Casa”, que por sua vez superou a marca de 1 bilhão.

De acordo com o novo contrato, a Disney promete financiar 25% dos custos de produção de Homem-Aranha 3, ficando com 25% do lucro. “O Homem-Aranha é o único herói com o poder de cruzar universos cinematográficos, então enquanto a Sony continua a desenvolver os seus próprios projetos, você nunca sabe quais surpresas o futuro poderá trazer”, escreveu Feige em comunicado.

Como prova

Foi revelado também que a Sony, dando continuidade aos planos de expandir o universo de Peter Parker, produzirá um longa focado na personagem Madame Teia, uma senhora com poderes de premonição que ajuda o jovem herói e outros personagens em suas aventuras.

O roteiro ficará por conta de Matt Sazama e Burk Sharpless, que também escreveram a adaptação do vampiro “Morbius” com Jared Leto. A presença do Homem-Aranha é esperada ainda no novo “Venom 2”, protagonizado por Tom Hardy.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.