Design de produção explica criação do cenário de Expresso do Amanhã

Jennifer Connelly e Daveed Diggs estrela Expresso do Amanhã (Imagem: Divulgação)

A TNT já lançou quatro episódios, dos dez previstos, da primeira temporada de Expresso do Amanhã, série baseada na HQ O Perfuraneve de Jacques Lob, Benjamin Legrand e Jean-Marc Rochette, e no filme de Bong Joon-ho. Estrelada por Jennifer Connelly e (Uma Mente Brilhante) e Daveed Diggs (Blindspotting), a trama pós-apocalíptica é ambientada em um trem, que transporta os últimos sobreviventes da Terra.

Já renovada para a segunda temporada, a série é transmitida globalmente pela Netflix. Em entrevista concedida ao ComicBook, Barry Robison, designer de produção do programa, falou sobre o seu trabalho no cenário da produção, destacando os desafios de um ambiente tão confinado. O profissional já trabalhou em filmes como “X-Men Origens: Wolverine” (2009), “As Crônicas de Nárnia – A Viagem do Peregrino da Alvorada” (2010) e “Até o Último Homem” (2016).

Robinson revelou que já conhecia a história e conta que quando foi chamado para participar da série ficou admirado. “Tivemos uma grande teleconferência com o estúdio, com a TNT e a equipe criativa, e eles começaram a me fazer perguntas. Eu disse: ‘Escute, eu não quero que isso seja um imitador do filme. Temos a capacidade de realmente expandir o diálogo visual e a linguagem visual que o filme apresentou’. TNT e Graeme [Manson] estavam particularmente interessados ​​em não ser um imitador [do filme]. Eles realmente queriam que o programa tivesse sua própria identidade. Fiquei emocionado quando eles disseram isso. Eu estava tão empolgado”, disse. “O que fiz, em vez de olhar para o filme e pegar minhas dicas, foi sugerir que voltássemos à graphic novel. O design da graphic novel e seus elementos são tão fortes e ótimos”.

O design ainda falou sobre como o cenário deixa em evidência as diferenças entre as classes sociais do trem, algo muito presente na série. “Eu diria que foi a luz que foi a principal influência entre as classes. Se você estiver na seção do fundo, esse é um tipo de ambiente com ambientes sombrios. Enquanto você sobe o trem entre as classes, apresentei janelas e luz. Portanto, nada no Fundo, pequenas janelas utilitárias na Terceira Classe, janelas maiores na Segunda. Quando você chega à Primeira Classe, há janelas grandes, com vista para a paisagem congelada”, revelou Robinson.

Criada por Graeme Manson (Orphan Black), a trama acompanha a perigosa aventura a bordo do trem chamado Snowpiercer. Depois que um experimento fracassa, uma nova Era do Gelo se instala na Terra, destruindo a maior parte da vida no planeta. Os sobreviventes enfrentam uma viagem repleta de tensão e conflitos entre classes. Na série, Jennifer Connelly dá vida à Melanie Cavill, passageira da primeira classe e porta voz do trem. Já Daveed Diggs interpreta Layton Well, ex-detetive e passageiro do Fundo, que é chamado para resolver um misterioso assassinato.

Além de Connelly e Diggs, o elenco da série ainda conta com Alison Wright, Annalise Basso, Susan Park, Mickey Sumner, Mike O’Malley, Roberto Urbina, Lena Hall, Iddo Goldberg, Sam Otto, Sheila Vand, Timothy V. Murphy, Happy Anderson e Shaun Toub.

No Brasil, os episódios de Expresso do Amanhã são lançados semanalmente pela Netflix.

Assista ao trailer: