Diana e sua armadura dourada em nova foto de Mulher-Maravilha 1984

Mulher-Maravilha 1984 (Imagem: Divulgação/ Entertainment Weekly)

A estreia de Mulher-Maravilha 1984 continua agendada para agosto. No entanto,  a incerteza sobre a reabertura da maior parte dos cinemas é algo que pode comprometer o lançamento da sequência nesta data. Apesar disso, com a estreia em julho de Tenet, de Christopher Nolan, a Warner Bros. poderá ter uma ideia sobre a viabilidade de manter a agendamento. Enquanto os fãs aguardam por novidades, o filme teve uma nova imagem divulgada. A foto destaca Diana Prince (Gal Gadot) com sua nova armadura dourada e o Laço da Verdade.

Confira [via CBM]:

Mulher-Maravilha 1984 (Imagem: Divulgação/ Warner Bros.)

Detalhes sobre a trama e sinopse oficial da sequência ainda não foram divulgados. No longa, que será ambientado durante a Guerra Fria, na década de 1980, Diana Prince (Gal Gadot) deverá encarar dois vilões: Maxwell Lord, interpretado por Pedro Pascal, e Barbara Ann Minerva – a Mulher-Leopardo (Cheetah), vivida por Kristen Wiig.

Assim como no primeiro filme solo da heroína, Paty Jenkins assume a direção. A diretora também fica responsável pelo roteiro junto com Geoff Johns e David Callaham. Além do retorno protagonista, o filme também conta com Chris Pine, Robin Wright, Saïd Taghmaoui e Ewen Bremner reprisando os seus personagens.

Em entrevista à Total Film, a diretora explicou o motivo por trás da presença de dois vilões. A cineasta conta que, inicialmente, isso não era realmente planejado, mas acabou acontecendo com o desenvolvimento da trama. “Aconteceu que a história criou uma abertura para a necessidade de dois vilões. Não é que eu achei que precisávamos de dois. A Mulher-Leopardo era a vilã em quem estávamos focados em ter nesse filme, mas Max Lord durante todas as histórias da Mulher-Maravilha, serve a um propósito muito mecânico, frequentemente”, disse Jenkins.

Mulher-Maravilha 1984 tem estreia marcada para o dia 13 de agosto de 2020.

Assista ao trailer:

 

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.