Diretor da DC faz revelação bombástica sobre o streaming DC Universe

Brenton Thwaites como o Asa Noturna no final da segunda temporada de Titãs (Imagem: Divulgação)

Como muita já era especulado, os programas originais feitos pelo serviço de streaming DC Universe serão inteiramente movidos para o HBO Max, nova plataforma da Warner Bros., o que poderia significar o fim do streaming lançado em 2018. Naquela ocasião, o serviço passou a existir para suprir a demanda de fãs dos quadrinhos que queriam uma forma simplificada de acessar todo o conteúdo da DC Comics, mas as séries produzidas por lá, chamaram bastante atenção.

Durante uma entrevista para o site The Hollywood Reporter, Jim Lee, que é o Diretor de Criação e Editor da DC, foi questionado sobre o futuro do DC Universe. A entrevista veio na esteira de uma reestruturação massiva da WarnerMedia que colocou uma ênfase maior na importância da HBO Max. Mas o profissional não falou sobre extinção, e sim sobre reformulação.

“O conteúdo original que está no DCU está migrando para o HBO Max. Sinceramente, essa é a melhor plataforma para esse conteúdo. A quantidade de conteúdo que você obtém, não apenas DC, mas geralmente da WarnerMedia, é enorme e é a melhor proposta de valor, se eu tiver permissão para usar esse termo de marketing. Achamos que é o lugar para isso. Em relação à comunidade e experiência que DCU criou, e todo o conteúdo da lista de trás, algo como 20.000 a 25.000 títulos diferentes, e a forma como se conectou com os fãs 24-7, sempre haverá uma necessidade disso. Portanto, estamos animados para transformá-lo e teremos mais notícias sobre como será.”, disparou ele que foi perguntado ainda sobre as centenas de demissões de funcionários que aconteceram no início desta semana.

“Esta semana foi um momento muito difícil não apenas para mim, mas para toda a organização. Dissemos adeus às pessoas que foram grandes contribuintes e ajudaram a definir e tornar a DC o que é hoje”, disse ele que refutou qualquer rumor sobre a Warner querer transformar a DC numa produtora de conteúdo audiovisual. “Ainda estamos no ramo de publicação de quadrinhos”, disse Lee acrescentando que nenhum trabalho editorial e criativo neste setor foi paralisado.

ankara escort