Diretor de Chemical Hearts fala como encontrou o equilíbrio para a personagem de Lili Reinhart

Austin Abrams e Richard Tanne nos bastidores de Chemical Hearts (Divulgação)
Austin Abrams e Richard Tanne nos bastidores de Chemical Hearts (Divulgação)

Em 2016 Krystal Sutherland lançou o livro Our Chemical Hearts, que quatro anos depois virou um filme pelas mãos de Richard Tanne e Lili Reinhart. O longa metragem que leva o título de Chemical Hearts foi lançado na Amazon Prime em 21 de agosto e vem chamando a atenção por não ser um romance jovem adulto convencional.

Em uma entrevista para o The Hollywood Reporter, o diretor Richard Tanne compartilhou diversas curiosidades sobre o filme, como a visita da autora do livro no set de filmagens, sobre quando começou a trabalhar no filme e até como conseguiu encontrar o equilíbrio para a personagem Grace Town, interpretada por Reinhart, que também trabalhou de produtora executiva do longa metragem.

Grace esconde um tragédia do passado, e chama atenção ao ser a nova aluna da escola e por precisar da ajuda de uma bengala para andar. Cientes de que Grace enfrenta lutas físicas e mentais, Tanne e Reinhart trabalharam para encontrar um equilíbrio delicado entre mostrar a dor que ela luta para superar e, ao mesmo tempo, tentar se encontrar quanto jovem.

Richard Tanne disse que ele e Reinhart trabalharam com um consultora de deficiência no set que ajudou a atriz a retratar adequadamente a lesão na perna que sua personagem sofreu como resultado de um acidente. “Queríamos ter certeza de que estávamos fazendo justiça a isso, e Lili perguntou a ela sobre seu estado de espírito e tudo relacionado às suas experiências”, afirmou o cineasta.

Tanne ainda contou que ninguém veria Lili sem uma bengala em frente às câmeras ou nos bastidores. Sobre o estado emocional de Grace, o diretor falou que ele e Reinhart tiveram longas conversas sobre suas próprias batalhas relacionadas à saúde mental que enfrentaram no decorrer de suas vidas.

Richard Tanne terminou a entrevista dizendo: “Se houver alguma maneira de se conectar a este mundo por 95 minutos, apenas entendendo o que eles [os personagens] passaram em algum nível, então fizemos nosso trabalho”.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.

ankara escort