Diretor de Dois Irmãos revela como se sentiu ao ver filme ser retirado do cinema

Octavia Spencer empresta a voz para Corey em Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica (Imagem: Reprodução)

O mês de março de 2020 serviu para mudar o mundo completamente. O COVID-19 se mostrou uma realidade muito cruel, que fez um número de vítimas em tempo recorde. A indústria do cinema também começou a ter perrengues, com as salas fechadas, adiamentos de estreias e cancelamentos de eventos pela impossibilidade de interação social para evitar a transmissão do vírus. Com isso, vários filmes que estavam em cartaz nos cinemas foram rapidamente lançados em streaming ou VOD para que as pessoas que estão em casa em quarentena possam assisti-lo. 

Foi o caso de Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa, e mais recentemente Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica, que chega no Brasil em VOD para locação (iTunes, Google Play Filmes), e nos Estados Unidos através do Disney Plus. O diretor do longa deu uma entrevista para o site Cinema Blend e contou a sensação de o filme ter sido movido para o streaming impossibilitando grandes números comerciais. 

“Claramente, a coisa certa a fazer é que todos fiquem e estejam seguros e cuidem de si mesmos”, disse o diretor Dan Scanlon. “Dito isso, é ótimo que as pessoas possam vê-lo on-line e que as pessoas tenham um pequeno momento de alegria, espero, ou um pouco de distração com o filme. E tem sido realmente maravilhoso ouvir nas mídias sociais, como quanto eles gostaram do filme, o quanto gostaram de assisti-lo com sua família. E isso lhes trouxe alguma alegria durante esse tempo”, disparou.

Embora não haja números oficiais sobre a audiência de Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica em visualizações, o produtor Kori Rae revelou que os dois primeiros dias de lançamento em home-vídeo foram especiais. “Tinha um volume realmente alto de pessoas assistindo. Infelizmente contando sua bilheteria em cinema, ele arrecadou algo em torno de 103 milhões de dólares, sendo devido à toda a situação o filme de menor bilheteria da Pixar”. 

 

Comentários