Diretor de Enola Holmes fala sobre possíveis sequências

Henry Cavill, Millie Bobby Brown e Sam Claflin estrelam Enola Holmes (Imagem: Divulgação/ Netflix)

Com um elenco estelar, liderado por Millie Bobby Brown, Enola Holmes já pode ser considerado um sucesso. Com ótima recepção da crítica e do público, o filme ainda não teve uma sequência confirmada. No entanto, por ser baseado no “Enola Holmes: O caso do marquês desaparecido”, o primeiro de uma série de livros de Nancy Springer, as chances de uma continuação são grandes. Se depender da protagonista e da recepção do público, a história tem futuro para se transformar em uma franquia.

Depois da intérprete de Enola afirmar que gostaria de filmar uma sequência, foi a vez do diretor comentar sobre a possibilidade. Em entrevista concedida ao Decider, Harry Bradbeer (‘Fleabag’, ‘Killing Eve’) se mostrou animado com a perspectiva de uma eventual continuação. “Bem, espero ter energia para isso, sim. Isso seria incrível”, disse. “Alguém vai ter energia para isso! Seria maravilhoso tirar mais cinco filmes desse cenário. Acho que são histórias extraordinárias para contar e um ótimo período. Conforme você avança, coisas como essas de carro com três rodas – o que foi uma coisa adorável que descobrimos – para encontrar nossos personagens brincando em algumas das novas engenhocas, em algum momento do início do século 20. Claro, temos aviões e os irmãos Wright. Quem sabe quais são os outros desafios vai sair deste período realmente agitado e produtivo”.

O diretor não confirmou, mas revelou que há, pelo menos, conversas sobre a possibilidade. “Há uma discussão. Eu realmente não posso dizer”, afirmou. “Seria uma loucura da minha parte dizer! Acho que adoraríamos, se isso acontecesse”.

Algumas das questões que ficam no final do filme são os mistérios envolvendo a mãe da protagonista, Eudoria (Helena Bonham Carter). Bradbeer contou que em possíveis sequências os segredos da personagem “certamente serão investigados em filmes futuros”. “Estou animado com as outras coisas que ela fará. Ela é uma personagem tão extraordinária que vamos desenterrar mais alguns segredos sobre ela”, acrescentou. “Se formos de novo, ainda haverá muitos problemas nesta família disfuncional. Não apenas no campo, que é disfuncional, mas a família também. Acho que sempre estará inclinado a uma verdadeira precisão histórica, sobre a história da constituição e o desenvolvimento de nossa democracia. E dos direitos humanos, não apenas dos direitos das mulheres. Acho que é uma cena muito madura para arar. Porque se você tem um filme de aventura que tem algo interessante a dizer moralmente, acho que realmente o enriquece e o torna mais nutritivo”.

Escrito por Jack Thorne (‘Extraordinário’, ‘O Jardim Secreto’), Enola Holmes gira em torno da irmã caçula de Sherlock (Henry Cavill) e Mycroft Holmes (Sam Claflin). Na manhã do seu aniversário de 16 anos, a jovem inteligente e rebelde descobre que sua mãe desapareceu. Dias depois, seus irmãos aparecem para investigar o acontecido. No entanto, ao contrário do que a adolescente espera, que é encontrar sua mãe, Mycroft está mais interessado em mandá-la para uma instituição de garotas. Seguindo algumas pistas deixadas pela mãe, Enola encontrar dinheiro suficiente para fugir para Londres. No caminho, ela encontra um jovem marquês que também está fugindo. A garota acaba deixando o plano de encontrar Eudoria de lado quando descobre que o jovem está em perigo.

Susan Wokoma (Year of the Rabbit), Louis Partridge (Medici: Masters of Florence), Fiona Shaw (Harry Potter), Frances de la Tour (Vicious), Adeel Akhtar (Murdered by My Father) e Burn Gorman (Torchwood) completam o elenco.

Assista ao trailer:

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.